Imagine Hot Zayn



Você esta na escola, o professor esta passando um texto enorme no quadro, mas você está muito distraída apreciando Zayn, ele senta na fileira do lado da sua, duas carteiras atrás de você. Vocês são amigos mas não se falam muito, você esta interessada nele já faz um tempo, mas você não acha que ele saiba. Você olha atentamente para aqueles cabelos escuros, morrendo de vontade de puxá-los, aqueles lábios… O sinal bate te afastando de seus pensamentos, você olha pro seu caderno, na folha só a data, agora é recreio, o professor sai da sala e os alunos saem em seguida, você olha pro quadro e se põe a copiar, logo você percebe que Zayn ainda esta na sala, sua amiga te cutuca no ombro, fazendo você desviar o olhar dele e olhar para ela.
- Eu estou com fome, você vai ficar terminando de copiar ou vem comigo? – ela pergunta baixinho, consciente da presença de Zayn e de como ele te afeta.
- Eu vou ficar. – você sussurra. – Pode ir, eu não copiei quase nada, vou demorar.

Ela olha pro Zayn, que esta concentrado em copiar, e da um sorriso pra você, você retribui o sorriso e ela sai da sala de aula, fechando a porta. Você volta a copiar ignorando a ideia de que vocês dois estão sozinhos. Você está na metade mas logo escuta um barulho e, ao olhar pra trás, vê que Zayn terminou o que tinha que fazer. Ele fecha o caderno, se levanta e se senta na mesa na frente da sua, você suspira nervosa, ele sorri.
- Desculpa, não quero incomodar, continue. – ele olha pra você com um sorriso simpático.
- Eu não consigo mais copiar, estou sentindo uma dor na mão, mas é uma dor fraca. – você mente.
Ele te olha desconfiado e pega a sua mão.
- Eu posso fazer uma massagem se você quiser. – ele sorri novamente e começa a acariciar seus dedos.
- Não, muito obrigada. – você responde querendo a massagem em outro lugar.
Ele da uma ligeira mordida no lábio inferior, seu olhar se desvia para os lábios dele, “Ah que lábios”, você balança a cabeça para afastar o tentador pensamento.
- Algum problema? – ele sorri.
- Estou apenas pensando…
- Em…? – ele pede.
Você sorri e abaixa a cabeça.
- Coisas minhas.
- Hum, então… Você não vai terminar de copiar o texto?
- Eu posso pegar o caderno da minha amiga emprestado. – você responde baixo.
- Eu posso te emprestar o meu. – ele oferece sorridente.
- Não precisa se incomodar, a S/A pode me emprestar o dela.
- Eu acho que ela pode precisar do caderno dela hoje a tarde.
Semana que vem é a semana de provas, e a sua amiga sempre estuda uma semana antes.
- É verdade… Você não vai utilizá-lo hoje à tarde?
- Não, meu caderno esta disponível pra você. – ele sorri. - Só tem um pequeno problema.
- Qual?
- Você teria que passar na minha casa hoje à tarde para pegá-lo.
- E por que eu não posso levá-lo agora depois da aula?
- Porque… – ele pensa meio confuso. – São uns problemas meus, precisaria que passasse na minha casa.
Você pensa um pouco, não achou uma boa ideia, mas não iria conseguir convencer a sua amiga, e não gosta de ficar pedindo pra outras pessoas que você não tenha muita intimidade. Zayn esta oferecendo o caderno, e ele é um dos únicos que não vai começar a estudar desde agora, então você aceita. O sinal do recreio bate novamente e logo a sala se enche, Zayn vai para o seu lugar e fica olhando para você. O sinal do fim da aula bate, você guarda seu material, e Zayn vem até a sua mesa para confirmar a sua ida à casa dele para pegar o caderno, ele fala o endereço, mesmo você já sabendo, ele se despede, enquanto você vai pra casa sua amiga implora por informação, “Como foi? O que vocês falaram? Na casa dele?” as expressões dela são engraçadas. Ao chegar em casa, você almoça, escova os dentes, liga o computador e da uma olhadinha no seu Tumblr, as duas horas você toma um banho e sai na rua a caminho da casa do gostoso do Zayn. Chegando lá você toca a campainha meio tímida, logo ele aparece na porta, descalço e sem camisa, somente uma calça preta de moletom.
- Entra! – ele diz sorrindo e te da um abraço e um beijo na bochecha.
Ele ta cheiroso, assim que você sai dos braços dele se depara com uma sala aconchegante, um sofá grande cor creme, com um tapete e cortinas combinando, uma TV grande em cima de uma estante de madeira escura combinando com a mesinha de centro, cheia de porta retratos, livros e DVD’s.
- O meu quarto é por ali. – ele aponta para um corredor e você continua parada.
Você esperava que ele lhe entregasse o caderno la fora, sem precisar entrar, isso é embaraçoso. Ele passa a sua frente e vai caminhando pelo corredor, você o segue.
- Você esta sozinho?
- Sim.
“Sozinhos novamente? Hummm isso é tentador”, você suspira, ele olha pra você por cima do ombro, você cora, você esta expondo demais o que você esta sentindo. Ele entra em um quarto arrumado, uma cama de casal pequena, com uma colcha azul e os lençóis dos travesseiros brancos, o quarto é com as paredes azuis claras, mais tão claras que parecem até branco, um armário, uma escrivaninha, uma cômoda com perfumes, desodorantes, uma escova de cabelos, uns papeis e o celular em cima dela, e no canto da parede um espelho grande. Ele caminha até a mesa da escrivaninha e puxa a cadeira, escondida em cima da cadeira esta a sua mochila, ele a abre e pega seu caderno, ele o põe em cima da mesa, fecha a mochila e então você caminha até ele para pegar o caderno. Você coloca sua mão sobre o caderno e Zayn coloca a mão dele sobre a sua, ele pega sua mão e te puxa contra ele, as mãos dele vão para a sua cintura, e as suas mãos vão para o peito dele, depois ombros, então ele te beija profundamente, assim suas mãos vão para a nuca dele, sobem para seus cabelos e os puxam de leve, enquanto suas línguas se encontram ele aperta a sua cintura contra ele, então sobe uma das mãos para as suas costas e a acaricia, você puxa novamente o cabelo dele, ele te empurra até a cama, sem atrapalhar o beijo. Você o vira e o joga na cama, ele se apóia nos cotovelos e observa você enquanto você tira seus tênis e suas meias, então você se deita sobre ele e o beija novamente, os dois vão se movendo pra trás ate chegarem nos travesseiros, você esta de quatro em cima dele o beijando, ele coloca as mãos dele na sua bunda e a aperta, você se deita nele e coloca as mãos no cabelo dele o puxando de leve, então ele leva as mãos para os seus quadris e depois para a parte da frente do seus jeans ate o fecho, e o abre, ele se senta interrompendo o beijo e tira a sua camiseta, em seguida puxa os seus cabelo e você geme, ele se aproxima da sua boca e morde sua lábio inferior o puxando com força, você ofega, ele põe as mãos nos seus seios e depois passa para as suas costas, ele abre o fecho do seus sutiã e o tira, ele acaricia seus seios e seus mamilos endurecem, você se deita e ele beija cada um de seus seios, depois sua barriga, e vai descendo, então ele retira seu jeans e sua calcinha e os joga no chão, ele se move tirando sua calça e sua cueca, ele se estica para a mesinha de cabeceira e abre uma gaveta,pega uma camisinha e a desliza em seu membro ereto, você esta úmida, esperando pra ser penetrada, ele se deita por cima de você e te da um rápido beijo nos lábios, ele abre mais as suas pernas com os joelhos e então ele entra em você, ele te beija novamente antes de começar a se mover, movimentos deliciosamente lentos, você geme, ele entra e sai de você novamente, só que dessa vez mais rápido, você coloca suas mãos nas costas dele e as arranha levemente, ele da um gemido abafado e continua a se mover, mais rápido, você geme novamente e ele vai acelerando o ritmo, logo você sente aquelas sensação, e então chega ao clímax junto com ele, que tomba ao seu lado. Ele sorri pra você e você retribui o sorriso, ele te beija e vocês continuam deitados por um tempo para recuperar o fôlego, ele se levanta, tira a camisinha e faz um nó, ele veste a cueca Boxer e a calça moletom novamente e sai do quarto, você ajunta as suas roupas do chão e as veste rapidamente pensando no que acabou de acontecer. “Eu só vim pegar o caderno!”, você pensa e ri. Quando ele volta para o quarto você esta amarrando o cadarço do seu tênis, e então você se levanta, ele vai ate você e te beija.
- Obrigado por ter vindo S/N, você fez da minha tarde muito especial.
- De nada Zayn, você também. – você sorri.
- Espero que agente possa ter mais momentos como esse… – ele da um sorriso de orelha a orelha.
- Eu também espero, mas agora eu preciso ir, eu tenho que terminar de copiar um texto para uma prova na semana que vem, eu vou precisar do seu caderno. – você sorri e ele faz beicinho e ri depois.
- Ele é todo seu.
Depois de pegar o caderno ele te leva até a porta, te da um beijo de despedida e você vai embora. Ambos contando os minutos para se verem de novo, ambos torcendo para estarem sozinhos quando isso acontecer

Um comentário:

Obrigada por comentar
Críticas construtivas são aceitas.
Não desrespeite as autoras do blog. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão excluídos.
Não peça para divulgar seu blog/página, existe uma página para isso aqui.
A comentário tem que ter relação com o assunto da postagem
Deixe o link do seu blog no final (sem o http) para retribuir a visita
Não aceito mais selos
Volte sempre ♥