Imagine Hot Louis



Desci as escadas apressadamente indo em direção a porta com a decisão tomada. Era hoje que eu falaria o que tinha pra falar, e é melhor ir mais depressa antes que eu desista. Estava sendo difícil de mais esconder isso dele. Louis Tomlinson, meu melhor amigo até um certo tempo, até o dia em que ele me beijou. Depois disso uma paixão foi crescendo e se tornando cada vez maior e intensa. Quando ele me beijou fiquei sem reação, mas correspondi ao beijo. Ficamos uma semana sem nos ver porque no dia em que ele me beijou ele estava saindo da cidade. E naquela semana eu só conseguia pensar no beijo. Naquela semana? Não, até hoje eu penso nisso, em seus lábios macios de encontro aos meus. Mas quando ele voltou eu escutei uma coisa que eu não esperava escutar “ (s/n), Me desculpe por aquilo, eu não sei o que estava fazendo” E eu só respondi um “Tudo bem” com um sorriso forçado, mas não estava tudo bem. Mas agora estava eu na frente da casa dele, peguei a chave que ficava em baixo do tapete. Sim, eu já era de casa pfv. Entrei na casa a sua procura, mas nem um sinal de Louis no primeiro andar, então resolvi subir as escadas e procura-lo em seu quarto. Meu coração parecia chegar na garganta de tanto nervoso e ansiedade. Me deu uma vontade de sair correndo dali antes que fosse tarde de mais, mas meus pés não respondiam aos meus comandos.
Cheguei no quarto e não tinha ninguém lá, mas a porta do banheiro estava aberta então resolvi entrar silenciosamente. Já que a porta estava aberta então não tinha problema, mas acabei me arrependendo assim que meus olhos bateram no box, não pera… me arrependendo não, mas seria muito constrangedor pegar meu “melhor amigo” naquelas situações (não importa o quão maravilhosas eram) eu fiquei parada olhando ele de costa perfeitamente delicioso, se posso dizer assim, aquela abundância toda na minha frente, nem dava pra acreditar. Como eu não ouvi nenhum barulho do chuveiro? Eu poderia ter evitado, mas estava tão perdida em pensamentos que a última coisa que pensei era encontrá-lo nu. Enquanto eu ficava admirando sus belos dotes físicos, ele se virou e tomou um susto fazendo-me assustar também. Ele ficou sem entender nada, se a situação não fosse tão constrangedora eu iria rir da cara que ele estava, mas não o fiz porque a minha devia ser muito pior. - (s/n) O…o que você ta fazendo …aqui ? - Ele perguntou ainda um pouco assustado. - Hã… eu queria falar com você, mas erm… acho que não é uma boa hora né?! - Falei devagar tentando formular alguma frase. Eu não sei o que aconteceu, mas uma súbita onda de calor invadiu meu corpo e junto uma ideia nada descente na minha mente. Por quê não ? O que eu tinha a perder? Nada, só a verdadeira amizade do meu melhor amigo, mas nossa amizade já estava estranha mesmo, depois do acontecido. Achei melhor desistir mas quando dei conta já estava indo em direção ao box. Tentei parar, mas meu corpo se recusava a obedecer aos comandos de minha mente. Meu coração batia tão forte, que eu não desperdiçava a ideia de ter um infarto ali mesmo. Abri a porta do box e cheguei bem próximo do seu rosto, sentindo seu hálito quente de menta bater próximo ao meu rosto, sua respiração estava rápida assim como a minha. Segurei seu rosto e acabei com distância de nossos lábios. No incio ele não reagiu, continuou parado, sem reação ao que eu tinha feito, mas logo pediu passagem com a língua. Ele bota a mão por debaixo da minha blusa (que era larga e um lado do ombro era caído) e me puxa pela cintura, me arrepiei com simples fato de sentir sua pele em contato com a minha. Enquanto continuávamos nos beijando (leia-se: nos engolindo) ele me puxou pra dentro do box, me molhando por completo. Sua mão passeava de cima pra baixo em minhas costas, até que ele se desfez da minha blusa, me deixando só de sutiã preto. Em um movimento brusco ele me prensou na parede com seu corpo e aprofundou o beijo, se isso é possível, suas mão apertavam minha bunda de uma maneira excitante, e minhas mãos enroscavam nos cabelos de sua nuca, puxando Louis pra mais perto de mim. Logo demos uma pausa no beijo pra recuperar o folego, enquanto isso ele beijava meu pescoço e dava chupões, que com certeza deixariam marcas. Sua mãos apertaram meus seios ainda por cima do sutiã, soltei um gemido abafado. Voltamos ao beijo, que agora era mais intenso. Suas mãos desceram por meu colo e logo em seguida na barra de meus shorts a procura do zíper que logo foi desfeito, fazendo o short cair sobre meus pés, com um movimento joguei-o longe. Já dava pra sentir seu membro ereto em minhas intimidades, e ele fazia questão de que eu o sentisse, já que ele puxava meus quadris em direção ao seu membro, fazendo os dois gemerem baixo de excitação. Suas mãos procuravam por meu fecho do sutiã, assim que encontrou se desfez parando o beijo e indo em direção ao meu seio esquerdo e envolvendo-o com sua boca, enquanto sua mão apertava meu outro seio, eu gemia e mordia o lábio. Puxei ele pelo cabelo e voltei a colar nossos lábios. Sua mão brincava com a barra da minha calcinha, mas antes de tira-la ele partiu o beijo, e saiu do box. Eu fiquei confusa, mas logo depois entendo o motivo. Ele foi até o gabinete da pia abrindo uma gaveta e colocando uma camisinha, assim que o fez ele voltou rápido. Seu lábios voltaram a colar nos meus, ele segurou minhas coxas por trás, fazendo-me entrelaçar minhas pernas em sua cintura. Assim que nos encaixamos perfeitamente, sem aviso prévio ele investiu me fazendo soltar um gemido alto e continuou a investir. Ele parou o beijo e puxou meu lábio e depois o sugou. Ele começou a investir mais rápido me fazendo soltar grunhidos altos. Era incrível sensação de te-lo dentro de mim. Sentia seu membro entrando e saindo de mim com uma rapidez prazerosa. Ele voltou a procurar meus lábios, mas era quase impossível continuar o beijo, já que ambos gemiam alto. Ar faltava em meus pulmões, nossas respirações já estavam descompensadas. Ele se segurava pra continuar com aquilo e não chegar ao clímax. Ele enterrou sua cabeça na curva de meu pescoço e continuou com movimentos de vai e vem. Eu agora gemia mais alto e logo vi que não aguentaria tanto tempo pra chegar ao meu clímax, quando cheguei gemi tão alto que mais me pareceu um grito, joguei minha cabeça pra trás puxando seu cabelo, pra aguentar as próximas investidas até ele gozar. Ele deu algumas investidas e logo em seguida gozou. Soltando um grunhido alto. E tirando seu membro de dentro de mim. Nossas respirações estavam pesadas, buscávamos ar. Ele soltou devagar minha pernas fazendo as mesmas que estavam bambas tocarem o chão. Depois de um tempo em silêncio, tentando recuperar o ar perdido, ele me puxou pela cintura colando nossos corpos  - O que você queria mesmo falar? - Foi ai que me lembrei o que tinha me levado até lá. Meu coração voltou a disparar. Pensei em uma resposta adequada, mas resolvi falar logo -Eu Te Amo - Encarei seus olhos e logo vi um sorriso abrir em seu rosto - Eu também Te Amo - Meu sorriso se alargou ao ouvir aquilo - E por que nunca disse isso ? - Perguntei quase em um sussurro - Tinha medo de não ser correspondido e acabar estragando nossa amizade - Ele disse tirando uma mecha de cabelo molhado que cismava em cair no meu rosto - Eu tive medo disso também - Abaixei a cabeça sorrindo feito uma idiota por saber que ele me amava. Ele segurou meu queixo e me beijou, um beijo calmo. Mas não durou muito. Ele foi até meu ouvido, mordiscou meu lóbulo e sussurrou - Mas que tal se fossemos pra um lugar mais adequado, minha cama talvez, o que você acha? - Senti meu corpo todo se arrepiando ao seu pedido - O que ainda estamos fazendo aqui ? - Respondi também em um sussurro e o senti depositar um beijo em meu pescoço. Ele me pegou pela coxa de novo, entrelacei minhas pernas em sua cintura e voltamos a nos beijar parecendo que um queria engolir o outro. Saímos do box, no caminho pra sua cama colidimos com a parede e com a porta, e riamos baixinho do nosso desastre entre o beijo. Ele me jogou na cama e voltamos a transar mais uma vez naquele dia.

13 comentários:

  1. Ficou perfeito Liamdaa *-* ,tô com uma cara de besta aki olhando o poster do Lou kkkk

    ResponderExcluir
  2. Jana liamda esse imagine como sempre ta otimo nao sei de onde vc acha tanta criatividade vc e d mais u.u bikas Mrs Styles

    ResponderExcluir
  3. imaginei eu em todas as cenas nhac

    ResponderExcluir
  4. Aí. Meu. Deus. Continua!!!!!

    ResponderExcluir
  5. MelDeuls' sempre q eu entro aqui de madrugada, na hora q eu falo "chega! Esse ultimo que vou dormir" a frase "Imagine Hot Louis" tem q aparecer, tipo, do nada pra me faer ficar, eu simplesmente amo seus imagines, principalmente os hots, principalmente os com o Zayn e Louis (os hots prefiro com o Louis ;P)


    Kisses, Erica ;)

    ResponderExcluir
  6. nossa tudo de bom ai como eu queria estar dentro desse box com o Louis!!! ôÔôh sonho de consumo!!!... adorei o hot muito bom!

    ResponderExcluir
  7. Paraben esse foi hot mesmo mto bom e eu imaginando todas as cenaa comigo hahahaaha

    ResponderExcluir
  8. apenas me molhei toda!!!
    mais tudo bem faz parte !!!
    ADOREI

    ResponderExcluir
  9. ameeeeeeeeeeeeeeeei, jana, vc eh foda, apenas, uma deusa aiosjaoisjiajsoiajiojs brincadeira, mais vc eh foda hahaha

    ResponderExcluir
  10. Jana nao pode me iludir nao skdisskab nao acredito q vou morrer sem da p esse homem :c

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar
Críticas construtivas são aceitas.
Não desrespeite as autoras do blog. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão excluídos.
Não peça para divulgar seu blog/página, existe uma página para isso aqui.
A comentário tem que ter relação com o assunto da postagem
Deixe o link do seu blog no final (sem o http) para retribuir a visita
Não aceito mais selos
Volte sempre ♥