Everything Has Change - Capítulo 4


Sim, nós havíamos nos beijado. Era como seu eu tocasse as estrelas e voltasse. Como se o mundo saísse de órbita e girasse mais devagar. Era inexplicavelmente delicioso. Eu que como havia esperado por isso a tanto tempo, levei minhas mãos ao seus cachos o puxando mais para perto e ele em resposta me puxou pela cintura segurando firmemente nesta. Quando nossos lábios se desgrudaram por falta de ar, logo um procurou ao outro em busca de mais porém dessa vez ele apenas se tocaram levemente sem aprofundar como antes.
Recuperei um pouco o folego e olhei para Harry que fitava o chão, também tentando normalizar sua respiração.
- Acho que nós dois já esperávamos isso.
- É, os seus vinte segundos de coragem insana valeram a pena?
- Com absolutíssima certeza. Sorri um pouco envergonhada e deu para perceber que seu rosto havia ficado suavemente avermelhado. Um avermelhado fofo. - Então, vamos voltar para casa. Acho que já ficou meio tarde (risos).

O caminho de volta foi totalmente silencioso. Presente só do barulho do vento batendo contra nossos e corpos e, alguns carros passando nas ruas. Não tinha assunto, o dia foi incrivelmente perfeito que não esperava por essa surpresa agradável, até mesmo, acho que Harry não havia se preparado antes. Foi tudo por acaso, sem data, sem local, sem cerimônias. Aconteceu naturalmente. O silêncio que estava entre nós, era um silêncio gostoso de se ouvir. Sentimentos e mais sentimentos deixados flutuantes no ar. Estava um tanto anestesiada pelo gosto e o toque dos lábios dele. Instantaneamente levei minhas mão aos lábios que estavam formados em um sorriso.
- Se arrepende?
- Nenhum pouco.
Ele perguntou com expressão de preocupação pronto para pedir desculpas, quando respondi aquela pergunta em negação, -eu não me arrependia de absolutamente de nada mesmo, a expressão de preocupação desapareceu e deu lugar a de alívio e felicidade seguido de um sorriso largo, mostrando suas covinhas que eu tanto amava.
- Enfim, chegamos. -disse.
- É
- Vai querer entrar?
- Não, hoje tenho que voltar para casa. Amanhã vê se aparece por lá.
- Pode deixar...Então, boa noite.
Não havia tanto assunto como antes, nunca havíamos ficados tão tensos um na presença no outro quanto agora. Estava quase fechando a porta quando ele coloca o pé me impedindo de fechá-la e selou nossos lábios novamente em uma só noite.
- Ei! - Adverti ele num modo brincalhão sorrindo.
- Precisava disso para dormir bem.
Sorri para ele novamente que já estava voltando à pé para sua casa que era a um quarteirão da minha. Fechei a porta, agora por completo e adentrei a casa rumo ao meu quarto.
Pulei em minha cama de tanto feliz que estava naquele momento, esperei tanto por isso e aconteceu. Tirei meus sapatos, jogando-os em qualquer lugar do quarto e dormi sem nem ao menos colocar um pijama. Eu estava feliz e isso que importava.
Fechei os olhos pensando que conseguiria adormecer no primeiro momento. Errei, como sempre meus pensamentos vieram me atormentar, ou quem sabe, me mostrar a verdade.
Me vi novamente no parque deitada com Harry ao meu lado, observando as estrelas e o momento do beijo. Parecia mágico para ambos, mas e se fosse só algo momentâneo que aconteceu sem querer e que não significou nada para ele? É, pode ser isso mesmo. Ele nunca demostrou interesse à mais em mim, o que seria estranho de uma hora para a outra se apaixonar e no final acabar me iludindo e me ferindo mais ainda.
Senti meus olhos não aguentarem mais ficarem mais abertos e cai no sono. "Me apaixonei do mesmo jeito que alguém cai no sono: gradativamente e de repente, de uma hora para outra."
Acredito que já era quase manhã quanto sinto algo vibrar; meu celular. Tinha recebido uma mensagem.
" Aparece aqui em casa as 10:00 a.m. Tenho que falar urgente com você. Te amo. Xx Harry."
" Okay."
"Cadê o meu "te amo" também?!"
Ignorei a última mensagem e coloquei uma roupa e desci para tomar o café que já estava pronto. Ainda tinhas vinte minutos para tomar café com tranquilidade já que meus pais não estavam em casa, como sempre. Fiquei imaginando o que seria de tão importante que Harry tinha que me contar. Quem sabe ele se arrependeu de tudo o que fez e quer me dizer isso.
Sai de casa e caminhei até a dele que não era tão longe assim.
- Bom dia tia Anne. Passei a minha infância inteira brincando na casa dela com Harry, aliás éramos mais próximas do que eu e minha mãe. Eu confiava nela e contava meus segredos para que ela pudesse me ajudar.
- Bom dia querida, Harry está no quarto dele.
Subi a grande escada e fui em direção ao quarto dele enquanto Anne preparava algo delicioso na cozinha. Abri a porta sem fazer muito barulho e entrei sem que ele percebesse pois, estava distraído com fones de costas para a porta.
- Ér, oi...
- Ah, oi Emily. Senta aí, tenho que te conta uma coisa.
Ele apontou para a cama e eu me sentei já me preparando psicologicamente para esquecer tudo o que tinha acontecido entre nós e que foi um erro e que ele se arrepende. Já estava pronta para esquecê-lo e de posto de melhor amigo para um desconhecido e seguir minha vida como se nada houvesse acontecido.
- Eu fui aceito no X-Factor! Eu recebi ontem uma carta e vou tentar ter uma chance lá. Para isso acontecer eu só vou ficar mais uma semana aqui, e logo eu vou viajar. Quero que essa última semana seja mágica.
Harry estava sentado numa cadeira e permanecia em minha frente, ele fez que iria me beijar, mas eu desviei e o beijo foi na bochecha.
- Ei, o que aconteceu?! O que eu fiz de errado?
- Nossa Harry, como você é sínico! O seu erro foi você ter me beijado, como assim, de uma hora para outra você se apaixona por mim?! Estranho né?! Pois eu acho que tudo isso não passa de uma ilusão de que você realmente não me ama. Pode ir em frente, estou esperando você dizer que se arrepende, que não me ama. Vamos lá! Eu posso aguentar.
- Emily, que conversa é essa?!
Eu estava pronta para responder essa pergunta da maneira mais fria possível foi quando, ele me surpreendeu colando seus lábios nos meus, me acalmando. De alguma forma o beijo dele me acalmava e era envolvente.
Partimos o beijo por falta de ar e ele começou a falar novamente.
- Eu não me arrependo e nunca vou me arrepender de nada Emily. Eu te beijei porque eu te amo, nunca faria isto se não te amasse. Eu te amo desde quando tínhamos quatro anos e brincávamos juntos porém, nunca tive coragem de te falar pois, você se tornou aquela menina que não sabia amar mas, eu nunca deixei de te amar menos nenhum dia de minha vida sequer. Eu disse que não me arrependo que sabe, é porque vou fazer o contrário.
Novamente me surpreendendo.
- Emily - ele se ajoelhou - aceita ser minha namorada?
-------------------------------------------
E ai kk o que vai acontecer? Ela vai aceitar? Continuo com 15 comentários.
Jana.

18 comentários:

  1. Continuaaaaaaaa ! Ta mt bom !

    ResponderExcluir
  2. Cara, sinto que essa vai ser a "próxima fanfic"!! (liga não,.coisa idiota da minha cabeça) ta perfeito :-) continue quando puder ;-)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vdd ta linda continua fofa
      XxBruna

      Excluir
  3. *O* ta simplesmente perfeitoo continua logo pleaseee

    ResponderExcluir
  4. *_* Q fofo !!! Continua
    Vi

    ResponderExcluir
  5. Perfeito! Eu queria saber se tem vaga pra ADM? Eu queria ser ADM,eu não sei o que faz pra ser uma....
    Gostei do seu blog é lindo...
    Bjss fofa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tô procurando uma administradora pro meu blog. Entra lá pra ver como participar do concurso: http://imaprouddirectioner.blogspot.com.br/2012/11/avisooo-com-novo-concurso-de-moderadora.html

      Excluir
  6. Continuaaa !!!perfeitoooo ♥♥♥

    ResponderExcluir
  7. Divulga por favor? www.imaprouddirectioner.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. AAAA continua sim !!

    ResponderExcluir
  9. continuaaaa ta mt legall

    ResponderExcluir
  10. ta perfeitooo continua HAHA

    ResponderExcluir
  11. adoreiii ahco mt cuteee ><

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar
Críticas construtivas são aceitas.
Não desrespeite as autoras do blog. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão excluídos.
Não peça para divulgar seu blog/página, existe uma página para isso aqui.
A comentário tem que ter relação com o assunto da postagem
Deixe o link do seu blog no final (sem o http) para retribuir a visita
Não aceito mais selos
Volte sempre ♥