Imagine Niall Horan - Projeto Um Ano de Blog


- Niall On - 


Eu disse que nunca a deixaria. Porque as nossas mãos se "encaixam" como a minha camiseta, sua preferida. Eu me machuquei, e machuquei alguém que é capaz de nunca me perdoar. Me senti amaldiçoado, lembrando da frase que me deixou marcado: Eu te amo. Me sinto mal, corro em pensamentos que fazem os meus pés doerem. Mesmo assim não esqueço dos nossos corpos entrelaçados, do sabor dos seus lábios. E eu não quero esquecer.

- Flashback On -

Noite de lua cheia, fria, madrugada, estava em casa assistindo televisão. Não prestava atenção em nada, eu sabia que ela estava mal, eu sentia. O seu término com o namorado de três anos a fez desolar-se do mundo. Eu nunca poderia entender. Mas nessa noite, quando eu finalmente resolvi me declarar escuto alguém correr pela porta dos fundos. Eu sabia que era ela, assim que escutei o nosso toque secreto corri e abri a porta. Nunca a vi tão triste em toda a minha vida.
Eu sentia que deveria contá-la sobre todo o meu amor, mas eu sentia que ainda não era a hora certa. Assistíamos filmes românticos que ao passar pela tela a fazia chorar. Eu não sabia o que fazer, apenas a consolava, mas de nada adiantava. Quando perdi as minhas esperanças, ela mesma me empurrou contra a parede e me deu um beijo. Acho que o melhor que eu já provara. Pela primeira vez me senti completo. E ao sentir nossos corpos suados, unidos, eu tive a melhor de todas as sensações.

- Flashback Off - 

Agora ela está se sentindo tão pra baixo, desde que a deixei sozinha. A vejo pela janela do meu quarto, chorando em sua cama, abrindo no meio do meu coração um buraco, como um polo. Tentei conversar com o pai dela, e a única coisa que ele me disse foi: 

- Vá embora garoto! Isso não é brincadeira! - Disse fechando a porta em minha cara.

Ninguém entende, isso não é brincadeira pra mim. Por mais que ambos tenhamos errado, acho que poderíamos nos perdoar, e nos amar, fazer isso de novo. Não entendo o que ela disse: "Apenas vá embora, já provei o que queria". Acho que ela está fingindo assim desde o começo, "Eu te amo", "Vamos viver até a eternidade juntos". Essas palavras não fazem mais sentido, afinal, acho que nunca fizeram. Se tudo foi uma mentira, o que eu estou fazendo agora?
Mas eu sei que você está com o coração apertado. Então com o seu beijo, eu consertarei todo o seu coração partido. E poderei finalmente esquecer tudo o que você disse pra mim. Poderemos nos emprestar os pedaços quebrados de nossos próprios corações, que podem se encaixar assim(<3). Mas se for preciso, eu te darei todo o meu coração e enfim poderemos começar tudo de novo.
Sei que poderemos encontrar as soluções dos nossos problemas. Podemos pegar a mesma estrada por dois dias com as mesmas roupas quando você estiver estressada. Poderemos fazer com que você esqueça tudo, mas pra você tudo é difícil. Sei o que você vai falar se eu tentar fazer com que toda essa dor desapareça:

- Podemos parar isso por um minuto?! - Disse gritando, jogando nosso porta-retrato no chão.

Sabe, posso dizer que seu coração não está nisso ou com isso. Mas poderia pelo menos me dizer com a sua mente, corpo, alma e espírito. Que posso fazer as suas lágrimas caírem como os chuveiros britânicos. Se estivermos juntos ou separados.

- Porque sei que podemos deixar todo o orgulho de lado, e tirar as máscaras. Admitir que nos arrependemos disso desde o começo. - Digo tentando fazê-la olhar em meus olhos. -  Você nunca vai saber como fazer isso sozinha. Você nunca vai mostrar a fraqueza por deixar ir. E acho que você continuará magoada se isso acabar. - Digo olhando sua expressão de tristeza. - Mas você realmente quer ficar sozinha?

- Niall.. - Ela disse suplicando, mas eu continuei. Eu precisava dizer isso pra ela.

- Se você realmente está fingindo assim desde o começo, com o coração apertado. Eu sei que o meu beijo pode consertar o seu coração partido. E se você aceitar, eu posso esquecer tudo o que disse pra mim.

- ... - Não a deixei falar. Eu precisava colocar tudo pra fora, tudo o que eu sentia.

- Eu posso te emprestar pedaços, que podem se encaixar assim. - Digo apontando para os nossos corações. - E se preciso, eu te darei todo o meu coração. Assim poderemos começar tudo de novo.

- Tudo de novo? - Perguntou me abraçando e olhando no fundo dos meus olhos.

- Tudo de novo.

_______________________________________

Awn, mais ficou bonitinho(*u*). Gente, o único imagine com final feliz que não saiu uma mer** total. Êêê!
Não esquecendo que esse é um imagine do projeto um ano de blog(tá lá no título :p). Então quem não estiver sabendo da brincadeirinha, clica aqui.
Não esqueçam de comentar qual a música que vocês acham que foi inspirada, o mino favorito de vocês, e claro, o seu nome(c:).

Boa sorte minhas tchutchucas.

Hanna Ashley

4 comentários:

Obrigada por comentar
Críticas construtivas são aceitas.
Não desrespeite as autoras do blog. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão excluídos.
Não peça para divulgar seu blog/página, existe uma página para isso aqui.
A comentário tem que ter relação com o assunto da postagem
Deixe o link do seu blog no final (sem o http) para retribuir a visita
Não aceito mais selos
Volte sempre ♥