Make me Wanna Die - Capítulo 3.

Pequenas recordações - Capítulo 3.

Eduarda Voice's.

Como toda menina de 14, 15 anos eu já sofri por a tal paixão platônica. Foi nessa noite que tive pequenas recordações da minha vida no Brasil. Eu era somente mais uma das milhões de fãs da One Direction que sonhavam em ir ao seu show e abraça-los. Adivinha quem era o meu favorito ? Se disse Harry Styles, deu a bicuda certa. Porém isso não foi o ruim da história, o ruim foi que o dia do show chegou, eu fui toda contente. Cheguei lá, assisti o show e me diverti muito com minha amigas, mas adivinha o que aconteceu no M&G ? Harry queria falar no telefone com uma de suas peguetes e por isso me fez sair de lá sem tirar foto com ele, sem contar que foi grosso comigo. Depois desse dia eu jurei que não gostaria nunca mais dele, nem como ídolo nem como pessoa. Talvez seja por isso que eu seja tão rude com ele as vezes. Não quero voltar a me lembrar, ele gritava no telefone com alguma garota e a única coisa que ele me disse foi "DA PRA VOCÊ VAZAR DAQUI ? NÃO TENHO TEMPO PARA FÃS AGORA" 

Como eu disse esse papo de bom Harry é só ladainha para mídia. Ele não me reconheceu por sorte, mas afinal tirei os óculos, aparelho, melhorei minha pele, meus cabelos estão com um corte melhor. Fiquei muito melhor que naquele ano. Porém não quero ficar relembrando disso, me doí até hoje saber o quanto eu amava ele e a banda e ele fez isso comigo. E a única coisa que os meninos fizeram foi cochichar um simples "Nós desculpe" enquanto eu saia dali aos prantos. 
A possibilidade de me apaixonar por ele me assombra, eu não posso me apaixonar por quem me fez chorar, sofrer. Mesmo sendo idiota o motivo -eu admito- Eu ainda sinto muito ódio daquele dia. Me faz querer morrer só de pensar em chegar a gostar daquele homem.
Bem isso é passado, vai ficar no passado. Hora de seguir enfrente e esquecer tudo isso. Assim como ele se esqueceu. Eu sei que não conseguirei esquecer, mas posso fingir não é ?
Me levantei do sofá e fui até a cozinha, estava procurando algo para comer, mas á única coisa que encontrei foi bolacha recheada, preciso ir urgente no mercado, mas só semana que vem o primeiro pagamento. Isso vai ser chato e demorado. 

[...]

Depois de um banho quente e relaxante eu precisava de uma roupa, afinal não posso sair pelada para o curso. Hoje estava um dia gostoso em Londres, meio frio, mas eu gosto de frio. Peguei meu casaco de lã e fui até o elevador. Apertei o botão e esperei ele descer até o hall do prédio. 
Quando sai de lá o maior tumulto, e adivinha quem estava na porta ? Se chutou Harry Styles, novamente acertou o chute. Dando autógrafos para suas fãs, vendo assim parece até um anjo, coitadas mal sabem o lobo em pele de carneiro que ele é. Ri de mim mesma e segui até lá. 
Ele me viu e me abraçou pela cintura.

-Sorria e acene -ele cochichou para mim- Finja ser normal.
-Eu sei -disse sorrindo- Só não sou melhor atriz que você -pisquei para ele-
-Sem comentários para o que você disse.
-A verdade dói otário.

Eu ri e ele me selou assim as fãs surtaram, umas assoviavam, outras me xingavam. Quer saber ? Foda-se elas, só porque me xingaram eu coloquei as mãos em volta do seu pescoço e o beijei mesmo. Ela deviam querer me matar, eu me importo com isso ? NÃO! 
Me soltei dele e sai de perto, tinha que ir para a universidade.

-Vou com você idiota -ele disse se aproximando-
-Aé ? Por que ?
-Porque se é para ser minha namorada que seja direito. Vou te levar até a universidade que você falou ontem, depois vou para casa.
-Se divertir com suas vadias da noite ? -eu disse rindo e entrando no carro-
-Bem engraçadinha você. 
-Ué, só disse a verdade pô.
-Aliás eu nem posso levar "vadias da noite" para minha casa. -ele disse dando ênfase no vadias da noite- Afinal agora tenho namorada.
-Como se você se importasse -eu disse dando ombros- E isso é falso também.
-Não importa, sou um cara correto.
-Eu sei -disse debochada- Vejo suas belas fotos na igreja orando -eu disse zombando dele-
-Eu disse que tava engraçadinha hoje.

Fomos conversando e retrucando um ao outro . As vezes eu até ria de nós e ele também, acho que estamos nos dando melhor. Chegamos no portão da universidade, ele saiu e abriu a porta para mim todo cavalheiro. Todos na universidade ficaram olhando, afinal sexta-feira quando sai daqui estava solteira. E hoje segunda já tenho um namorado, muito bonito e rico por sinal. Além de tudo famoso, eles piram nisso.
Eu desci do carro e ele me acompanhou. Fomos até o porto principal juntos e ele entrelaçou nossas mãos, dando um selinho na minha antes. Me dói admitir mais isso é a pura verdade, eu senti um calafrio percorrer por minha espinha quando ele fez isso.
Quando chegamos até o local onde ele já não podia mais ultrapassar ele colocou as mãos em minha cintura e me beijou, eu simplesmente fingi que estava tudo normal e coloquei minhas mãos em volta do seu pescoço. Me soltei do beijo e olhei ao lado vendo umas meninas de boca aberta fofocando, ridículas.

-Até mais gatinha -ele disse soltando um sorriso encantador que fazia meninas ficarem molhadinhas só de ver, porém esse não é meu caso-
-Até Harry -eu sorri e entrei-

Por onde eu passava ouvia cochichos, a notícia havia se espalhado rápido, rápido até demais. Algumas meninas me olhavam feio, pelo visto haviam directioners aqui, e muitas. Eu não me sinto nenhum um pouco ameaçada por elas. Nenhum um pouco, elas que venham com graça comigo que rodo a baiana com elas. Ai falei que nem a minha vó, tenho que perder esses costumes de falar como os brasileiros.
Entrei na sala onde eu teria as primeiras aulas teóricas, falando sobre peças famosas da Broadway . Amo essa matéria, pelo simples fato de ser sobre peças ou musicais famosos feitos no Teatro da Broadway, afinal quem nunca pensou em apresentar ou assistir uma peça lá ? Isso é um sonho meu, um grande sonho. Entrei na sala e me sentei na carteira ao ledo de Meg, que conversa com a professora na frente. A professora já havia organizado a sala da sua forma, em circulo. Ela gostava de ficar no centro, ela dançava, cantava, fazia gestos e muito mais. Eu posso afirmar que a aula da professora Anna Lizzy sempre foi a melhor, e mais a mais divertida por consequência.
Meg ou Megan se tornou uma das minhas melhores amigas, ela nunca deu bola para o preconceito idiota das pessoas pela minha nacionalidade. Ela é linda, como toda -ou quase toda- britânica. Além dela eu também conhecia Ciara, ela também é um encanto de menina. Ela também é muito linda, seus olhos são invejáveis. Ela é meio frescurenta as vezes, mas um anjo quase sempre. Foram essas duas que me ajudaram a salvar meus meses em Londres.
Meg se virou e me viu, correu até mim sendo seguida por Ciara. Ela me abraçaram forte e me rodaram.

-Que isso ? -eu perguntei rindo-
-Como você não contou para gente que estava de casinho com Harry Styles ?-perguntou Meg- Ah oi -risos-
-Oi, bem isso é meio complicado.
-Uma hora você explicar isso certinho para gente -Ciara disse- Eu sou fã deles desde o começo e nunca nem sequer topei com eles na rua e você já ta namorando um deles -ela disse incrédula- Vaca!
-Calma meninas, foi algo realmente diferente. Aconteceu rápido demais.
-Tipo amor a primeira vista ?- disse Meg toda boba, sim ela era muito romântica as vezes-
-Tipo assim, a gente foi conversando, conversando, ai rolo um beijo e a gente começou a namorar -eu disse rindo-
-Quando se conheceram ? -disse Meg-
-Sábado de manhã enquanto eu procurava trabalho.
-Senhor! Que rápido vocês.
-Pra você ver Meg, muito rápido -disse Ciara desconfiada-Ontem a noite já estavam até juntos em uma festa.
-De fato eu imaginei que as notícias de lá chegariam logo a boca do povo, mas  ainda não estou preparada para as reações dos fãs dele. Claro que eu estava bem ciente quando aceitei o namoro que teria mais haters do que fãs, afinal nenhuma menina gosta de ver seu ídolo com outra. Eu não sei bem ao certo como vou fazer com tudo isso e com a pressão que irei sofrer, mas acho que sou capaz de aguentar. E também não irei levar desafora para casa, elas falam o que querer escutam o que não querem. Eu sei que tudo é tanto quanto estranho para vocês e para todos, acreditem, para mim também é. Eu não sei se estava pronta para assumir um relacionamento com ele tão rapidamente, mas ele disse que ele gostava muito de mim e que também eu era diferente das outras. Confesso que isso me conquistou. Não o julgo pelo fato de ser um biscateiro, afinal ele me afirmou que iria mudar, estava decidido a isso e por fim eu acredito nele, afinal a base de um relacionamento é a confiança. Eu não nego que isso ainda me assusta um pouco, mas sei que com o tempo isso irá se resolver. Sei que todos vão demorar um tempo para entender tudo o que está se passando, mas se elas sentissem o que estou sentido entenderiam o porque de eu querer ficar ao lado dele tão desesperadamente.

Elas me olharam boquiabertas depois de tudo que eu disse, sim eu havia mentido todo -ou quase- texto, mas venhamos e convenhamos, eu não posso contar isso a elas. Nem para elas. Elas sorriram para mim, pareciam acreditar. Eu me sentia mal por mentir para eles de forma tão idiota, mas Simon disse várias vezes ontem a noite na festa que eu deveria ser realmente boa atriz e não deixar que ninguém nem ao menos desconfiasse e foi o que eu fiz. Agora elas acreditam. 
Nunca imaginei que isso pudesse me dar tanto trabalho, nunca mesmo. Elas realmente me pegaram quando começaram a me questionar, porém tentei ser mais rápida e dizer coisas meio desconexas que faziam até sentido. Só de pensar que tudo quase foi por água a baixo já me deixa nervosa, muito nervosa.

                                                                                    

Continuo com 10 comentários. Obrigada por ler.

17 comentários:

  1. COTINUAAAAAAAA TA MUITOOO LEGALLL !!!!!

    ResponderExcluir
  2. Continua sua linda está per-fect Xx luma

    ResponderExcluir
  3. Continua eu to amando esse imagine!!!

    ResponderExcluir
  4. Cara você escreve muuuuito bem ! Continua
    por favoor ! Que dia vc posta ?
    Beijooos

    ResponderExcluir
  5. CUIDADO COM O PORTUGUÊS MENINA, TÁ INCRÍVEL MAS SAIBA DIFERENCIAR "NÓS" DE "NOS" E SE ESCREVE SIMON, COM "N" NO FINAL ;-) xx

    ResponderExcluir
  6. Eiiiitaaa, Harry foi muito mau com a Eduarda teen!! Mas, parece que agora, apesar de um ainda ficar alfinetando um pouco o outro, ambos já estão mais ou menos melhores do que na primeira noite, né? E a Duda? Se esquivando das suas amigas? Rapaz, eu só digo uma coisa, o que ela disse me convencia, oh!!! Kkkkk, estou amando! :D

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar
Críticas construtivas são aceitas.
Não desrespeite as autoras do blog. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão excluídos.
Não peça para divulgar seu blog/página, existe uma página para isso aqui.
A comentário tem que ter relação com o assunto da postagem
Deixe o link do seu blog no final (sem o http) para retribuir a visita
Não aceito mais selos
Volte sempre ♥