Beautiful Mess - Capítulo 4

Especial de Halloween

                                                                       Largue tudo agora
                                                                    Me encontre na chuva
                                                                     Me beije na calçada

Festa do Pedro. As melhores festas da escola. Eu fui convidada. Quaisquer um se mataria por esse convite. Menos eu. A festa vai ser a fantasia. Estilo Halloween. O Pedro sempre dá a festa de Hallowen antes do Hallowen. Por que? Porque ele a família viajam no Halloween. Então ele dá a festa em março aproveitando a ausência deles nesse mês. As festas do Pedro existem três regras: Bebidas acoólicas obrigatórias, polícia no final da festa e maiores de trinta anos não entra. 

Regras idiotas não?

Eu 'to de Volta


Então, gostaram da minha ilustração? Bem, acho que foi bom para mim ficar um tempo sem postar aqui, sem me preocupar em escrever. Pra falar a verdade, eu não consigo ficar sem escrever nenhum dia sequer, é sério, praticamente um vício. Olhem, muito obrigada por todos os comentários e a cada um que comentou o que achava de minhas suposições e decidi que não iria valer a pena ficar longe do que eu gosto, porém tudo que é bom demais enjoa. Fiz bastante coisa nesse tempo, parece que minha rotina ficou mais leve hehe. Eu li a fanfic Darling Teacher, leiam é muito boa embora seja de Niam, o que é vida e preciso para nossa sobrevivência, pelo menos para mim. Sabe aquela depressão pós fim de livro? Pois é, eu to com isso só que com a fic. Comecei a ler uma outra só que não li inteira porque eu gosto de ler fanfics terminadas, é melhor. Eu estou no começo do livro O Poder dos Seis e de Teorema Katherine, já disse que amo ler? Eu estou estudando mais por dia e em falar nisso, me desejem boa sorte porque tive prova de matemática e preciso de nota. Desespero mode on. Para recompensar os dias sem postar, eu vou tentar ainda postar nessa semana o imagine de halloween e outros. 
Desculpem fazer vocês acharem que era o fim do mundo, mas não foi gente e me sinto melhor agora e quero agradecer do fundo do meu coração a cada uma que comentou, podem ter certeza que fiquei muito feliz ao ler isso e que estão dispostas a se esforçarem mais também. Amo vocês e obrigada novamente ♥. 
P.S.: Espero que não estejam mentindo e comentem de verdade como pedi c:
Jana

Make Me Wanna Die - Capitulo 8.


Dom de me tirar do sério - Capitulo oito.

Eduarda Voice's.

Acordei com um barulho estranho e me virei correndo, Harry não estava mais no quarto. Meu Deus, ele deve estar botando fogo na minha casa para me matar, socorro. Levantei correndo e fui atrás dele, ele estava perto do meu fogão.

Duda: Sai, não coloca fogo aqui seu idiota.
Harry: Eduarda você bebeu ? Ta louca ? -ele se virou rindo com um jarrinho de café na mão- Eu só estava fazendo café pra gente.
Duda : -suspiro aliviada- Pensei que você ia botar fogo em mim e no apartamento para mim não contar para ninguém das sua ladaínhas.
Harry: Vai começar logo cedo ? Sério ? Eu não vou tacar fogo em nada, para de ser louca menina.
Duda: Eu preciso me arrumar para ir para o curso.
Harry: Eu te levo.
Duda: Não precisa.
Harry: Para de marra garota, eu te levo.

Hello - Summer Love


Hello my Dreams. Como estão? Bem? Okay. Eu quero me desculpar pelo tempo que eu não posto. Eu vi todos os comentários do post anterior e AMEI! Também agradeço a todos que acompanham Summer Love. Eu estou fazendo um capítulo grande - para me desculpar - e quero saber se vocês querem hot? Se quiserem vão esperar até amanhã mais ou menos para eu terminar de ler 50 tons de cinzas, só então vou tentar fazer um hot adorável para minhas queridas leitoras! <3 Amo vocês! 

Summer Love - Capítulo IV


Can't stop thinking about her now, every little thing she does
(Não consigo parar de pensar nela agora, cada pequena coisa que ela faz)

- Filha, temos que ir - papai apareceu na porta do quarto. Peguei minha bolsa e saí junto à ele.

Fomos em direção ao elevador e meu olhar se cruzou com o de um garoto. Acho que é o Zayn, isso Zayn Malik. Amigo do Styles. Sorri de leve, pois ainda não nos conhecemos, ele retribuiu. Saímos do elevador no térreo, papai foi acertar as contas do hotel e eu fui em direção a Harry que até então não havia me visto. Coloquei a mão em seus olhos, o que não foi muito difícil por eu não ser tão baixinha.

Ele sorriu e virou-se para mim.

- Você não falou comigo hoje - fiz bico e ele roubou-me um selinho. Isso foi inesperado, tudo bem que a gente já se beijou uma, uma única vez. 

- Olá pequena - sorri, saindo do meu estado perplexo para feliz.

Vou Parar de Postar


 Hello 

Meninas, aviso rápido e leiam por favor okay? Olha, já pensei em desistir muitas vezes desse blog mas eu não fiz isso, por vocês. Agora, eu não vejo motivos pra continuar, não vou excluir o blog porque sei que vai ser muita sacanagem, porém eu estou pensando temporariamente em parar de postar. Já venho pensando nisso, já viram quantas fanfictions eu exclui? Muitas. 
Olha, só pra vocês perceberem eu gasto duas horas praticamente para escrever um capítulo descente, as vezes dois dias para escrever e revisar tudo. É cansativo, tenho várias coisas para fazer mas escolho escrever para não decepcionar vocês e o que vocês estão me dando em troca? Muito pouco. Se vocês não estão gostando do que eu posto me avisem porque eu não sou adivinha. Praticamente ninguém comentou nos dois últimos capítulos de Burn, isso me desanima. É muita visualização para pouco comentário. Não estou mais encontrando algo que me anime parar escrever, pois eu não sei se vocês estão gostando ou não e não quero escrever e gastar meu tempo para ninguém comentar. Isso é apenas uma hipótese, somente um aviso. Talvez, eu volte para um outro aviso bom ou ruim, de acordo com a opinião de vocês.
Jana.

Summer Love - Capítulo III


Cause you're amazing just the way you are
(Pois você é incrível do jeito que você é)


Mas um dia chegou. Acordei com os raios - fortes - de sol em meu rosto. Jase sabe que não deve deixar a cortina aberta, mas, minha irmã parece que não escuta ninguém. Levantei-me com um pouco de dificuldade e logo um sorriso tomou conta do meu rosto. Lembrei-me do que havia acontecido na noite anterior.

- Flashbacks -

- Trouxe para você - ele falou, me entregando uma caixa aveludada, da cor azul. Deduzi que fosse um colar, pois para o tamanho, não poderia ser outra joia.

- É lindo - falei deslumbrada com a joia que aparentava ser bem cara. 

- Pra você nunca se esquecer de mim - sorriu. Nos encarávamos de forma tensa. Não conseguia desviar meu olhar do dele, penetrante. 

Beautiful Mess - Capítulo 3

                                                                               www                                             
                                                           Chegue mais perto, garota
                                                    E você vai entender
                               Porque se você quer um cara que sabe o que você precisa
                                              Bem, então eu sou seu homem 

Me olhei no espelho do quarto de Anália mais uma vez. Isso é um vestido? Meu Deus, me tira de dentro disso. O vestido era colado ao meu corpo, nada vulgar mais chamava atenção para as curvas do meu corpo. Tenho que admitir, gostei do resultado mas, vestidos me incomodam. Por isso quero me desfazer dele. Agora.

Anália saiu do banheiro já maquiada e com o cabelo arrumado. Ela caminhou cantarolando uma música desconhecida por mim. Ela abriu a porta de seu closset e saiu de minha visão.

Apparently - Capítulo Vinte e Seis - Loucuras da minha cabeça


- No capítulo anterior -

- Claire On -

...


E esse é só um dos poucos problemas que rondam na minha vida. Parece que agora tem o Zayn, claro que como uma boa amiga eu tenho que resolver essa situação. Mas.. a quem eu quero enganar? Eu gosto dele, daquele lindo e sexy garoto de programa. Aff. Qual é o meu problema?


- Você On -


Me sinto solitária. Não converso com Eleanor - que por algum acaso me ignora, do mesmo jeito que eu a ignorava -, não sei se ela se cansou de toda aquela "palhaçada" que eu fazia por conta do Niall. E ele, bem, nunca mais falei com ele desde o episódio do restaurante. Durante o intervalo, trocávamos alguns olhares discretos, da parte dele, sempre indescritíveis. Mas simplesmente pararam. Sobre Zayn, paramos de conversar. Fui "tirar" satisfações com ele por tantos motivos: peguei ele com a Donna de novo, magoou a Claire e traiu a minha confiança. Mas, ele magoou a Claire?

Burn - Capítulo 5


E pra finalizar
Todas as fotos foram queimadas
Todo o passado
-Don't Forget

Ao repensar na forma em que reagi ao conversar com o garoto daquela loja, seja talvez, algo que represente o meu passado ficando para trás, sendo afundado num baú que eu não quero ter a chave. O passado ficou no passado, porém não significava que eu iria me apaixonar completamente no primeiro instante em que eu conversasse novamente com o garoto que eu mal sabia o nome, seria muito difícil. Mesmo tendo esta casaca mostrando que tenha superado rapidamente não quer dizer que lá no fundo esteja frágil e com medo. Medo de me apaixonar novamente e não conseguir admitir isso para mim mesma e acabar ferindo ambas pessoas, tenho medo de me aproximar demais das pessoas.

Beautiful Mess - Capítulo 2

                                                                       E a sétima coisa
                                              que eu mais odeio que você faz...
                                                  É que você me faz te amar

Olhei para minhas unhas sem saber o que acontecia ao meu redor. Olhei meus tênis. Havia alunos fazendo algazarra na sala e outros tentavam prestar atenção. Sr.Luigi nem estava mais tão afim de dar aula. As aulas de português costumam ser assim. Ninguém com a minima concentração. As únicas vezes em que a turma presta atenção é quando ele interage com nós. Certamente Sr.Luigi é desligado porém o melhor professor.

O sinal tocou e todos gritaram de animação. Aula do Liam. Aquele professor só pode ter mel no corpo, todos os alunos gostam dele, eu que sou do contra e odeio ele. Sr.Luigi deu um breve adeus para nós e saiu de sala deixando mais de vinte e sete alunos entre dezessete e dezoito anos, sozinhos. Esse cara é doido?

Beautiful Mess - Capítulo 1

                                                      Por que isso é tão bom, porém tão mal
                                                           Minha mente continua dizendo
                                                           Corra o mais rápido que puder

Olhei para meu relógio pela segunda vez. São 8h25 e parece que o tempo parou ai. Não que eu não goste de história, pelo contrário, é minha matéria favorita, mas só a cara do Sr. Payne me irrita, só o andar dele me deixa fula da vida.

Ele cantarolava sua música de sempre, ‘’I won't give up’’ como eu sei? Bem, digamos que eu não seja uma aluna muito exemplar na aula dele, o que me leva a sentar da primeira cadeira, na frente da dele. Ótimo não? Bufei e olhei com tédio para meu caderno, tudo feito. E eu preciso me mandar daqui. Urgente. Não aguento mais essa aula.

— Sr. Payne? — ele levantou o olhar do seu caderno, onde escrevia algo e olhou para mim. — Posso ir no banheiro?

Ele estreitou os olhos e voltou a olhar seu caderno murmurando:

Beautiful Mess - Sinopse


"Tudo estava bem, eu tinha acabado de começar minha vida no ensino médio ai chega ele uma beldade de vinte e quatro anos, mas o que tinha de lindo, tinha de chato! Talvez eu esteja ficando maluca, mas três anos após o conhecer posso talvez tendo algum tipo de sentimento por ele, um sentimento mais forte que o ódio, mais forte do que o "amor" que uma aluna deveria ter pelo professor. Mas é errado, o Sr.Payne é meu professor!" — Silena Brigport


Fanfic será expirada na múcica Beautiful Mess do Janson Mraz - leiam a tradução okay?-
Trailer - www
Não colocarei limite de idade, cada um sabe o que lê.

Rélou! Rélou. Essa é a sinopse da minha fanfic. Espero que leiam e que gostem, em breve vai vim o primeiro capitulo... em breve.
Kisses de mel, Cah.

Summer Love - Capítulo I


Uma manhã com poucos raios de sol atingindo a capital inglesa, uma coisa boa para o feriado. Ruim seria se eu tivesse saído da Escócia, para passar todo o meu feriado em casa, sem aproveitá-lo de forma correta. Levantei-me da cama, passei o robe ao meu redor e o prendi contra meu corpo. Calcei meu chinelo e caminhei em direção ao banheiro. Escovei meus dentes e observei minha aparência no espelho. Meu cabelo estava com ondas e com a cor natural dele. Não havia olheiras — como há alguns dias — por passar noites em claro estudando. Eu estava um pouco mais magra, mas continuava com o corpo de uma modelo, como diz Jase.

— Bom dia, família – falei ao entrar na cozinha.

— Parece que alguém acordou de bom humor hoje – brincou Jase.

— Bom dia, filha – meu pai deu um beijo na minha testa, indo até mamãe.

— Eca! – eu e Jase dissemos uníssono, após presenciarmos a cena de papai e mamãe beijando-se. Eles riram.

Summer Love - Capítulo II


Após ter saído do restaurante e do hotel, fui em direção à praia e fiquei caminhando, tomando um ar. Apesar de não gostar muito de tomar banho no mar, adoro a paisagem das praias pela noite. Distraidamente, observava a bela vista proporcionada pelo mar e a luz da lua à noite. Não percebi quando alguém tocou meu ombro, dei um pequeno pulo de susto e quando me virei vi de quem se tratava. Meu coração acelerou, não sei o porquê dessa reação.

— Que susto! – falei pondo a mão no peito, para recuperar-me.

— Não foi minha intenção assustá-la – e mais uma vez escutando sua voz rouca e sexy –, desculpe-me também por hoje cedo, não foi minha intenção fazê-la cair – fiquei com pena por ele estar se desculpando, sendo que a culpa foi minha e eu havia sido uma grossa também.

Nova Postadora + Apresentação


Bom escreve sobre si, deve ser uma das tarefas mais dificeis do mundo mas vamos lá. Oi! Meu nome é Carla Sant'Ana, tenho treze anos e sou do Rio de Janeiro. Sobre mim? Directioner e Selenator, Louis Girl, amo o Justin Timberlake e o Batman (♥). Sou hunter e amo filmes, minha vida é resumida a ver filmes e ler livros. Minha cor favorita é azul mas meu quarto é roxo. Amo as bandas Green Day e Aerosmith. Sou Semideusa filha de poseidon.

Meu lugar favorito em todo mundo é meu quarto. E apesar de eu nunca ter ido eu alimento uma paixão inexplicável pela Grécia, e isso deve ao fato de que quando eu comecei a ler Percy Jackson eu não comecei a ler apenas Percy Jackson e sim tudo que envolvia o mundo fantástico que Rick Riordan ajudou a expor, com Deuses Gregos, batalhas e tudo mais...

Sou uma pessoa que mais prefere um livro a um ser humano ao seu lado, sou muito vidrada quando o assunto é estudar. Sei que é errado mais largo a família para estudar eu me privo da vida social para obter um dez em uma prova. Até hoje tem dado certo ;).

Sou muito magra e tenho 1,70 de altura, pois é. Mais amo isso em mim. Minha parte favorita em todo meu corpo é meu sorriso, acho ele, bonito. Meu cabelo é curto pois eu acho que não fico bem de cabelo longo :c

É isso, essa sou, uma pessoa apaixonada por cinco idiotas, solitária, nerd, devoradora de livros e tem uma paixão incrível por filmes.

Minha fanfic aqui no blog será Beautiful Mess, sinopse em breve.

Eu já postava ela no outro blog da Jana, só que agora postarei aqui de uma forma, totalmente diferente :)

Twitter
Instagram
Animespirit

Burn - Capítulo 4


Queria ser alta
Queria ser rápida
Queria poder fazer compras com um saco de dinheiro
Porque se eu te quiser, eu preciso ter isso

Sarah POV

Percebi vários olhares desconfiados e desprezíveis em minha direção. É, não seria tão fácil me enturmar naquele novo ambiente, com pessoas novas e que se mostravam não querer minha presença ali. Apesar de receber todos esses olhares, vou tentar fazer esse final de ano ser o melhor, porém seria melhor viver uma experiência nova do que reviver o passado. Pelo menos seriam dois meses, ou talvez, dois longos e dolorosos meses dependendo de como eu vou encarar essa situação. Após a saída da faculdade, na entrada principal havia meninas e meninos em uma roda conversando animadamente sem interrupção, se não parassem para me encarar friamente. Parecia mais um daqueles grupos que se formam entre outros tantos e provavelmente este seria um que eu não gostaria de fazer parte, aliás nunca fiz. Quando ainda estudava em Londres só tinha dois amigos verdadeiros, não fazia muita questão de me socializar e nem de fazer amizade com qualquer ser daquela sala e o meu mesmo conceito se aplicaria depois de tantos anos.

Nova Postadora + Apresentação


Hello Girls! Meu nome é Emanuelle - ou Manu - como preferem. Tenho 11 anos, moro na Paraíba. Sou Directioner desde 5 de março de 2012, tenho um grande amor platonico pelo Hazz, mas, tenho muitas coisas em comum com o Liam. Amo música, ler e escrever. Adoro sonhar em como pode ser quando eu conhecê-los - se eu conhecê-los. Além de Directioner, sou Belieber, Lovatic - Demi Diva -, amo a Katy, Paramore, Linkin Park, e vários outros cantores que não vou citar por serem muitos. 

Bom, começarei a postar minha fic hoje. Tenho somente 3 capítulos, mas estou providenciando mais - é claro que estou -, momentos normais meus. As vezes brigo com meu subconsciente. Haha. Sou uma pessoa legal apesar de tudo. *-* Contatos ->

Animespirit (www)
Facebook  (www)
Twitter (www)  - Sigo de volta, é só avisar.

Apparently - Capítulo Vinte e Cinco - Qual é o seu problema?


- Narradora On -

Louis: Me desculpe cara. Eu realmente não sabia. - Dizia abraçando o amigo.

Harry: Tudo bem.

Depois de algumas semanas brigados, Harry e Louis finalmente fizeram as pazes, junto com o resto do time. Em um dos finais de semana, Louis foi para casa e comentou sobre o ocorrido com o pai, que lhe contou que havia prendido o garoto, como o filho havia pedido. "Que burro", Louis pensou enquanto falava com o pai. Não xingava o seu pai, mas á si mesmo. Já que esqueceu que havia pedido ao pai para afastar o Harry de campo no dia do jogo. Tudo não passou de um simples engano. "Que confusão".

Eleanor: (S/N)! - Gritava tentando fazer com que a garota parasse e conversasse com ela. - Espera!

Nada adiantava, (S/N) fazia de tudo para evitar Eleanor, que já estava ficando cansada dessa "palhaçada".

Capítulo 15 - No More

Fui dormir era 4h da manhã. Acordei as 10h e Liam não estava lá. Levantei da cama e fui direto a cozinha, estava morrendo de fome, mas ele estava lá, me olhando com uma cara desconfiada. Eu não podia evitá-lo! Eu tinha que encarar meus medos para contar a verdade, mas por um lado eu não poderia perdê-lo, e por outro eu sabia que era errado o que estava fazendo. Mas, mesmo assim eu tinha que mentir, sabendo que depois eu iria sofrer com as consequências. 
- Bom dia meu amor. - me aproximei para beijá-lo, mas ele vira o rosto. 
- Não venha me beijar. - disse com um leve tom grosseiro. 
- O quê? Por quê? 
- Você sabe muito bem do que eu estou falando. 
- Me diz então.
- Ontem você saiu do quarto e só voltou 2 horas depois. 
- Tá, e o que tem? 
- O que você fez durante essas horas?

Anna está de volta


Olá gente! Tudo bem com vocês? Eu estou ótima. Aqui é a Anna e vim avisar que estou de volta. Fiquei fora por 2 meses daqui mas agora voltei pra valer. Vou postar a fic No More com frequência, pois eu sei que é chato deixar vocês esperando por muito tempo para saber o que vai acontecer nos próximos capítulos. Me desculpem por ter ficado muito tempo fora, mas agora não saio mais! Durante esse tempo, aconteceram muitas coisas que não deixaram eu entrar aqui. E ainda a escola também estava com muitas provas tomando todo o meu tempo. Mas tenho uma novidade, dia 25 desse mês completo 1 mês de namoro. Sim, to namorando! Queria dividir hoje essa minha felicidade com vocês hahaha :3 Daqui a pouco eu posto o capítulo 15 de No More, vão matar a curiosidade! Muita coisa na fic vem por aí. Beijos amores. /Anna

Imagine Hot Niall - #23



Sério que você vai ler? Cuidado, não aconselhável para menores de 16 anos okay? Não me responsabilizo se vocês quiserem ler. E ah, sem plágio!

You's POV

Me olhei novamente no retrovisor do carro conferindo se minha maquiagem continuava intacta, sem nenhum borrão ou risco de lápis indesejável. Nada que não fosse de meu agrado eu encontrei. Olhos escuros, bem demarcados pelo delineador e a sombra preta forte esfumaçada. Batom de cor clara, quase se confundindo com o tom de meus lábios naturais. Estava vestida com praticamente todas minhas peças de roupas com da mesma cor preta com exceção das peças íntimas vermelhas rendadas. Estava com vontade de chamar atenção aquela noite e quem sabe arrumar um namorado mais digno do que o meu anterior, não que eu queira conquistá-los por meu corpo e sim por minha personalidade, mas estar atraente ajuda bastante. 
Coloquei uma perna de cada vez para fora do carro, revelando o quão definidas e durinhas elas estavam devido a saia que batia acima do joelho que eu usava. Minha camiseta de paetês brilhantes também preto havia um decote profundo, valorizando parte de meus seios. E o salto alto, calçado indispensável.

Holy Grail - Capítulo 1


A moment, a love, a life, a laugh, a kiss, our rights, our wrongs.
Narrador On

Talvez o destino tenha a missão de fazer duas pessoas se encontrarem ou essas pessoas mesmo tem mesmo esse dever. Elas precisam se encontrar de uma forma ou de outra no meio de tantas outras. É impressionante a interligação entre as vidas de ambas pessoas, talvez, ironia do destino. 
Como dizem, os opostos de atraem. Duas pessoas totalmente diferentes juntas em um conto amoroso, será que daria certo? E quando se trata de dois homens buscando um meio de libertarem o que sentem ao mundo? Acreditaria que esse amor é possível?

Aviso - Postadoras

Harry com crianças deveria ser proibido. 
Hello Sweeties!

Bom, eu tomei a decisão de retirar a Thais do blog e essa decisão não é de agora, venho com essa ideia faz tempo, porém só coloquei em prática agora. E por quê eu decidi isso? Porque eu deixei bem claro como eu queria as postagens e os conselhos quando a pessoa se torna adm daqui, não é ser chata e sim manter o mesmo "padrão". Não estou aqui para julgar ninguém, mas o jeito que ela está escrevendo e o contexto da fanfic não está me agradando além de demorar muito. É isso, sei que sentirão falta mas já estou com duas adm's dispostas a postar aqui. Espero que apoiem essa minha decisão. 
Jana

Don't Let Me Go - Um Recomeço?

Heeey! ♥
 Tudo bem com vocês? Espero que sim, porque estou toda dolorida :c dia inteiro na escola jogando. Eu li o comentários de todos  ♥ e eu percebi que muitos de vocês ficaram chateados com minha decisão, mas é o seguinte: eu mudei demais o rumo da história, percebem, nos primeiros capítulos eu escrevia super bem e capítulos enormes, cheguei a postar três em uma semana. Então, continuar ela não dá e por isso eu pensei em uma mini-fanfiction Larry de 5 capítulos e paralelamente eu vou postar se vocês quiserem, imagines de bromances variados. Vou tentar dessa vez cumprir com tudo isso okay? Espero que vocês gostem, fiz isso por vocês  ♥
Jana

Don't Let Me Go - Será o Fim?


Let's Be Brave ♥
Eu nem sei como começar isso. Primeiramente, vocês percebem o quanto eu demoro para postar cada capítulo, fica um espaço de tempo enorme entre cada um e eu não gosto disso. Além de escrever eu acompanho algumas outras fanfics e sei o quanto é ruim a escritora demorar ou cancelar a fanfic.  Sei também o amor enorme por esta aqui mas chegou a um ponto que não dá mais. É o fim. Não é bloqueio dessa vez, eu não consigo mais continuar, as palavras não surgem naturalmente igual a como eu vou escrever outros capítulos. Não consigo mais continuar, sei que não deveria ter começado com ela. Desde o início eu tinha conhecimento que seria muita responsabilidade, porém eu acabei aceitando esse desafio. Eu me sinto mal por esta ser a minha terceira fanfic cancelada, mas não há mais possibilidade de eu escrever duas fanfics ao mesmo tempo. Eu errei, tenho consciência do que eu estou fazendo. Sei também que muitas de vocês vão ficar chateadas (os) comigo contudo eu pretendo ficar apenas com a responsabilidade de Burn. Isso não quer dizer que eu não poste mais imagines de bromances. Claro, posto de Larry e de outros se vocês aceitarem, mas é aqui que eu me despido dessa fanfic que tomou um rumo que não deveria. 
Segredo: Podem me julgar e dizerem o que quiserem, mas não acredito que Larry seja apenas um amor de amigos, certos momentos parecem que eles são realmente dois amantes. Eles são um segredo que não pode ser revelado 

Burn - Capítulo 3


O verão veio e se foi
O inocente nunca sobrevive
Me acorde quando setembro acabar

Flashback On/ Sarah's P.O.V.

Especialmente naquele dia que o crepúsculo já estava ocorrendo. A tonalidade escura tomava o céu de Londres e o vento frio batia em minha pele o que me fez fechar a janela, infelizmente. Tudo coberto de neve dando uma sensação de comodidade e as luzes dos carros, dos postes e das casas davam um visual renovante para aquela paisagem. Adorava o inverno daqui. Me mudei com três anos para cá. Minha naturalidade verdadeira é Irlandesa e dei muita sorte de encontrar Niall, também vindo do mesmo país que o meu. É reconfortante, pois sabemos a falta que nos faz Mullingar. Passei a adquirir a nova rotina Londrina e o novo horário do colégio, assim conhecendo além de Niall, Lucy que passou a ser minha melhor amiga. 
Tínhamos essa vidinha, eu, ele e ela. Nunca nos desgrudávamos e nem fazíamos questão de novos amigos, éramos felizes naquele mundinho em que só nos habitávamos.

Mini Imagine com Lottie - Para Boydirectioners

Eu fiz esse mini porque eu vi o quão poucos são imagines para boys. Então, tcharam! E também eu fiz porque tem um tio que eu acho que é boydirectioner que comenta a fic da Janinha. 

Por favor nem esperem tanto, porque esse é o primeiro imagine para boydirectioners que eu fiz. Espero que gostem, já que a vida não é feita só de directioners(graças a Deus *.*, assim posso arrumar um boy só pra mim, hehe).

P.S.: Queridas directioners(e não boydirectioners), se vocês quiserem imaginar com esse imagine. Se imaginem no lugar da Lottie, com o mino preferido no lugar do boy.

_______________________________________


Havia sido contratado pelo próprio Louis Tomlinson para vigiar e andar com a sua irmã durante a sua curta estadia em Londres. Agora ela morava no Brasil, o meu país de origem, e como eu vim passar um tempo aqui precisava de um trabalho, na hora topei. Dias depois descobri que quem havia me indicado foi um dos meus melhores amigos, Niall Horan. Ele é um cara legal.

Acho que essa foi a melhor notícia que eu já recebi na vida - além de vir pra Londres, claro -. Já que desde que eu conheci ela pelas fotos, ao lado do seu famoso irmão senti que meu coração pulsou mais forte. Ela é linda, extrovertida - igual a alguém que eu conheço - e inteligente. Sempre foi carinhosa comigo, e toda vez que eu ia a acompanhar, eu dava o meu melhor. Estufava o peito e andava parecendo que tinha algum problema com as minhas calças, até notar os seus olhares e risos sobre mim e perceber que aquilo era uma ação totalmente estúpida.

Imagine Hot Zayn - Love More


 www

Gente, não aconselhável para menores de 16 é, tá muito explícito. Mas leiam se quiser, não digam que não avisei. Divirtam-se. E sem plágio okay? c:

Zayn's P.O.V.

Ouvi o som da buzina ecoar. Já deviam estar impacientes pela minha demora porém eu não estou com a mínima vontade de me levantar do sofá e desperdiçar o resto da noite em um pub que eu mal conhecia. Ouvi o som novamente e estava próximo de ser morto mentalmente por meus amigos, decidi não arriscar e me olhei no espelho conferindo se tudo estava em seu devido lugar. Coloquei um maço de cigarro no bolso e mantinha um cigarro entre meus dentes, levei o isqueiro próximo e acendi-o. Peguei minha jaqueta e bati a porta atrás de mim revelando o carro preto com todos me esperando. Abri a porta do automóvel e entrei no banco do passageiro. 
- Que cara é essa bro?

Burn - Capítulo 2


Então, acorde-me quando tudo estiver acabado
Quando eu for mais sábio e mais velho
Todo este tempo eu estava procurando por mim mesmo
E não sabia que eu estava perdido

Niall's P.O.V

Minha visão a cada instante se tornou cada vez mais clara. Pensamentos picotados apareciam e sumiam num furacão de confusões que eu desconhecia. Não sabia o que era aquilo, muito menos o que estava acontecendo. Queria me livrar daquela luz forte que provavelmente se olhasse diretamente para ela, me cegaria. Me lembrei da última coisa que aconteceu para que eu estivesse aqui neste lugar desconhecido e diferente com luzes brancas e cegantes. Colocá-los em ordem era uma missão impossível, o que acontecera se misturava cada vez mais com o presente e outras coisas que me deixavam mais maluco. Decidi afastá-los por um momento e consegui reconstruir parte de minha identidade e memória que eu não sabia até agora. Eu sou Niall Horan e estou em coma por um ano. Wow! Voltei a tona a consciência. Sentia meus membros, as vozes baixas que ecoavam pelo recinto e as batidas de meu coração até a hora de decidir abrir meus olhos. Piscava repetidamente e a mesma luz que me cegava era a lâmpada que havia no teto, iluminando o quarto. Olhei para meu lado direito e havia uma menina segurando fortemente minhas mão.

Make Me Wanna Die - Capitulo 7.

Me perdoe - Capítulo 7.

Harry Voice's. 

Eu havia perdido minha voz, eu não sabia o que dizer. Era ela a menina que eu havia maltratado alguns anos, era ela que saiu chorando daquele M&G. Eu não sabia o que dizer, eu me arrependia profundamente daquele dia, ela havia chegado em má hora. Só Deus sabe o quanto mau eu me senti depois daquele dia, eu ainda me lembrava nitidamente daquela noite. Eu não sabia o que falar, acho que ninguém saberia. Meu corpo estava ereto e eu senti meu rosto arder. Não, ela não havia me batido. Eu estava com vergonha mesmo. Sem saber o que falar eu disse o que deveria ter dito naquela noite.

Plágio!

É gente, nos plagiaram de novo. Mas sendo mais específica a fanfic da Hanna, a Apparently. Bom, esse blog plagiou >>>www <<< e ela ainda teve a cara de pau de não colocar os créditos porque eu NÃO autorizei a postagem dela no blog dela. E ainda a bonitinha lê o blog e simplesmente copia e cola no blog dela. Convenhamos pessoal, sem imaginação suficiente para fazer isso ao invés de criar um imagine de autoria dela. Ah, como isso eu posso denunciar como plágio mesmo a leitora se chama Nazaré, e eu apenas irei excluir essa postagem se ela retirar a fanfic do blog dela.
Jana

Apparently - Capítulo Vinte e Quatro - Zayn, não Zain


- Narradora On -

Louis: Porque você sumiu Harry? - Disse com raiva. Estavam discutindo sobre Harry não ter aparecido no jogo.

Harry: Me trancaram num armário. Dá pra você entender? - Disse berrando em seu ouvido.

Logan: Não, não dá pra entender. - Disse jogando seu tênis contra o armário.

Harry: Olha, eu estou te dizendo que me trancaram no armário!

Logan: Do jeito que anda, deve ter ido dar uns pegas na nerd! - Disse rindo, se referindo a (S/N).

Rapidamente Harry pulou e prensou o pescoço do garoto contra o armário. Logo após de ser retirado as forças pelos amigos e obrigado a ir "tomar um ar fresco". Ele caminhava frustrado. Pensava que se fosse mais esperto, teria percebido antes que o Treinador fechasse a porta e o impedisse. Era tarde demais.

Perto dali Zain estava deixando (S/N) no portão da escola. Tinham passado a tarde juntos, o que provocava ciúmes em Niall. Mas nada que fosse motivo de preocupação. Antes de se despedirem, Zain deu um comunicado a garota.

Zain: Agora você pode me chamar de Zayn, e não de Zain. - Disse mostrando uma carteira com o seu "novo" nome.

Você: Sério, nem faz diferença Zain. - Deu de ombros.

Zain: Ah, qual é (S/N)! É o meu nome de guerra. - Disse e a menina começou a rir, um riso tão desesperado que lhe faltou o ar.

Você: Nome de guerra Zain, isso é brincadeira né? - Disse ainda rindo.

Zayn: É Zayn agora. - Disse sério. - Mais respeito por favor, eu trabalho como qualquer outra pessoa. - Disse dando um sorriso sincero.

Você: Zain, quero dizer, Zayn. Posso te arranjar um trabalho, digno. - Ele fez uma expressão surpresa e disse:

Zayn: Meu trabalho é digno. - Disse cruzando os braços chateado. - Eu proporciono prazer as pessoas (S/N). Você não entende porque ainda é virgem. - Disse e a garota se magoou profundamente. Sempre se sentia mal com esse assunto, já que era adolescente e de acordo com as suas amigas, a garota nunca havia transado.

Você: Olha, é melhor você ir. - Disse sem jeito e Zayn pediu desculpas, se abraçaram e ele foi embora.

Niall, que assistia a cena ao longe, se aproximou da garota e lhe fez carinho. Ao lembrarem que estavam em território escolar, pararam com as carícias e caminharam para bem longe dali.

Niall: Eu escutei a conversa entre vocês. Tudo bem? - Perguntou triste.

Você: Tudo bem, sim. - Deram um abraço "amigável" e continuaram sua rota.

Niall: Então, agora o Zain é Zayn? - Perguntou tentando fugir daquele clima chato.

Você: É sim. - Disse sorrindo.

Niall: Me soa mais gay do que já é. - Disse rindo também.

Você: Niall também é meio gay. Sei não hein. - Disse rindo da situação.

Niall: Hey, não sou gay não. - Disse se fingindo ofendido. - E você sabe disso mais do que qualquer um. - Disse dando um sorriso malicioso enquanto abraçava a garota. Roçaram os seus lábios e Claire estava parada em frente á eles. Apenas esperando uma resposta para tudo aquilo. Ela sabia que Niall tinha uma namorada, e que não era a (S/N).

Você: Claire, eu posso explicar. - Dizia aterrorizada ao ver a garota bem a sua frente.

Claire: Melhor que seja uma boa. - Disse cruzando os braços. Quando Niall sugeriu irem conversar em um lugar mais.. "apropriado".

Caminharam até o primeiro café que encontraram. Fizeram um pedido de café bem quente, e conversaram.

...

Sozinha ainda no café, (S/N) estava sendo martelada - modo de falar - com as seguintes palavras: "Vocês estão ficando loucos? Estão magoando o Liam que foi super amoroso com você. Estão magoando a Eleanor, que mesmo não sabendo está sendo machucada. E principalmente vocês estão se machucando sem perceber. Isso não é bom pra ninguém. Vocês vão ver, isso não vai acabar bem!".

Ela não conseguia esquecer, e a cada xícara de café se afundava ainda mais em seus pensamentos. Quando nota uma figura triste em sua frente, um garoto. Mas por já estar tarde e já estar sozinha, ela estava com medo. Aquela figura era desconhecida.

Desconhecido: Não vai olhar pra mim? - Ela continuou calada, sem olhar nos olhos da pessoa. - (S/N), sou eu, o Harry.

Você: Me desculpa. Estava com medo. - Disse reparando que em tão pouco tempo, o garoto mudou. Estava péssimo.

Harry: Tudo bem. Até eu ficaria com medo de mim mesmo. - Disse dando um sorriso triste e se aconchegando mais em seu casaco de marca.

Você: Não é pra tanto. Pensei que fosse um pervertido. - Disse e ele riu.

Harry: Mas eu sou um pervertido. - Disse arrancando risos de ambos. Pareciam felizes, se sentiam a vontade juntos. O garoto pediu uma garrafa de café, e mesmo a garota não gostando. Tomava sempre mais uma xícara. - Sabe, desde o jogo. Você foi a única pessoa com quem eu me senti a vontade. Em quem eu pude confiar. - Disse sorrindo sincero.

Você: Obrigada Harry. Sei que posso contar com você também. - Disse e ele olhou no fundo dos olhos dela.

Harry: Pode contar sempre que quiser comigo. - Ele disse carinhosamente e ela percebeu.

Você: Você já sabe não é? - Perguntou desconfiada.

Harry: Sei sim, acho isso errado mas..

Você: Não precisa me dar sermão! Eu tenho total consciência nos meus atos. - Disse auto-confiante.

Harry: Eu sei. Acho que eu também não preciso de sermões por um bom tempo.

Você: Me desculpa. Acho que já estamos cansados disso, né? - Ele assentiu.

Depois de um tempo a única coisa que se escutava eram as gotas de chuva vindo de fora do café. Acompanhadas do barulho que  vinha da televisão, onde se passava um programa desinteressante. Eles se encaravam, conversavam entre olhares. E a garota se sentiu, por uns instantes. Que não trocaria nada nesse mundo por estar ali, mesmo que longe de Harry, mas tão perto.

As horas passam, assim como a noite chega. E é a hora de voltar para a escola antes que sintam falta dos adolescentes. Enquanto caminham, o silêncio reina. Fazendo com que se sintam desconfortáveis.

Harry: Então, qual é a do seu amigo Zain? - Perguntou já quase terminando a sua rota.

Você: Ele é legal. E.. o nome dele não é mais Zain, é Zayn.

Harry: Não é mais? Mas, pra quê mudar? Mal faz diferença.

Você: Eu sei. - Disse rindo.

Harry: Soa gay. - Disse rindo, fazendo com que ela ria ainda mais.

Você: Meus Deus, eu não sei como eu consigo rir de uma coisa tão boboca como essa!

Harry: Esse é um dos meus charmes. - Fazendo uma voz mais grave do que normal. Enquanto levantava a gola do seu casaco. - Sou muito carismático.

Você: Hum, e bem modesto pelo visto. - Disse e ele ficou sério, olharam para frente e de longe avistaram Zayn e Donna numa conversa meio "íntima". - O que ela está fazendo ali com ele? - Perguntou caminhando um pouco mais rápido, no intuito de tirar satisfações. Quando ele a parou.

Segurou-a em seus braços e juntos viram Donna colocar sua mão na nuca de Zayn, puxando-o para aprofundar o beijo. Ele se soltou e perguntou alguma coisa. Quando Donna tira de sua bolsa uma certa quantia de dinheiro e Zayn passa a mão pela bunda dela. Harry já começa a dar sinais de raiva, e desabraça (S/N) querendo parar com aquela palhaçada.

Você: Ah, meu Deus. Eu não consigo acreditar que ele está fazendo isso. Ele não pode fazer isso. - Disse magoada com o que estava vendo. Zayn havia prometido que nunca transaria com Donna, mesmo que como cliente. Sentou em um banco enquanto observava a cena, Zayn e Donna estavam subindo para um prédio que era desconhecido. Passou as mãos pelos olhos preocupada e decidiu que ali iria ficar.

Harry: Mas (S/N) o que tá acontecendo? Porque ela tá dando dinheiro para aquele seu amigo Zain? E pra você que tá desse jeito, porque você tá assim? - Perguntou e se abaixou em frente a garota, segurando em suas mãos e olhando em seus olhos esperando por uma resposta.

Você: Pra começar, é Zayn, não Zain. - Disse e Harry revirou os olhos. - O nome dele é assim porque é tipo um um nome de guerra. Já que ele é um garoto de programa, aí ele achava que Zain era um nome sem graça, comum. - Disse e Harry ficou parado, sem reação. Deu um risinho e disse que ele gostou dessa profissão, acrescentando que achava que poderia seguir ela como alguma coisa extra-curricular, arrancando um riso de ambos. Uma descontração. - Então, eu tô assim porque ele me prometeu... Ah, esquece. Não tem muito a ver com a história. - Disse e Harry abaixou o olhar pensativo. - Mas só pra deixar claro, eu e ele não temos nada. E nem vamos ter.

______________________________________

Mais um capítulo! Êêêê! Parece que todo dia eu tenho alguma coisa pra comemorar. Lesera. 

Gente, adoro uma palavra.. boboca. É tão legal de dizer, boboca. Haha.

Enfim, aqui é a autora mais lindja e mais gostosa do mundo. Haha. Okay parei. Vamos a rotina normal.

Visitem o meu blogzinho Doce Nutella. Não esquecendo de curtir a página desse blog no face.

Tirei a seguinte ideia de um blog de imagines super bom. Porque sempre ficam chatinhas essas notas, não são nada demais. Então para dar um up..

 O prêmio pra quem comentar hoje vai ser... Uma BANANA!! Êêê!


Se ela não chegar via PAC, culpem o Harry, ele adora bananas.

Beijão pra meninas mais lindjas desse mundo, êê.

SMACK!

Hanna Ashley

Imagine Harry - Drop In The Ocean - Dedicado


Imagine Dedicado Para Ana Caroline
 www

Harry's On

Ainda não consigo deixar de ser um garoto que eu fui algum dia. Tem dias que eu mal durmo relembrando e me reencontrando em algumas noites sombrias me fazendo perguntar em como eu pude me tornar um homem tão sentimental depois de tanto tempo. O garoto de mais ou menos sete anos tinha pureza e podia observar o quão límpido eram seus olhos. É impressionante o fato de que ela consegui tomar a transparência de meu ser. Ela me tomou a parte que não precisava, mas em troca me deu seu coração. Até hoje rezo para que ela mesma não tire-a de mim. A razão para que eu possa dar a isto tudo é que eu era um menino amando uma mulher como menina.

Imagine Niall - Dedicado - Airplanes


Imagine Dedicado a Miquela
www

Niall's On

A vida que eu tomava antigamente, era simples, mais prática e fácil. Tinha quem eu amava em meus braços, ao meu lado. O sorriso dela me contagiando e me dando inspiração para cada prematura nota que saia de meu violão. Somente um olhar para uma melodia e talvez um cd inteiro ser composto. Os olhos esverdeados pareciam dois pontos brilhantes que flutuavam no céu. Poderia confundi-los facilmente com estrelas cadentes adentrando rapidamente a escuridão da noite, que se contentava com um brilho intenso que logo desaparecia.

Imagine Liam - More Than This



Estou cada vez me despedaçando em pequenos estilhaços. Tenho certeza que você não consegue me ouvir, seria irônico fazer essa pergunta em pensamentos sendo que ela está a milhares de quilômetros de distancia de onde eu me encontro, ficando ensurdecido com os gritos que cada vez são mais altos emitidos pela multidão de muitas fãs em sua frente. Nunca cheguei tão perto dele. Conhecê-o até seus mínimos detalhes através de fotos e informações, não tive a oportunidade de vê-lo pessoalmente, porém tenho grande parte de minha suposição de confirmação que eu o conheço melhor que qualquer uma que se julgue e se passe por uma grande fã.

Burn - Capítulo 1


Às vezes há aviões dos quais não posso pular
Às vezes há mentiras que não funcionam
Agora somos os deuses das histórias, mas me diga
O que há, então, para reclamarmos?
Oh esta tem que ser uma vida boa

Sarah On

Acordei com medo e assustada. Olhei para o lado e não encontrei a janela que sempre irradiava os primeiros raios de sol do dia. Mudei de direção e vi que ali não era minha casa. A mobília estava distribuída de forma diferente em comparação ao meu quarto que passei dezesseis anos de minha vida. Havia um sofá do lado direito da cama ao invés de um criado mudo. Ele agora se localizava ao lado oposto do de costume, e logo mais a frente uma cortina em tom claro que provavelmente, pelo seu tamanho, escondia uma janela com vidros próximos ao chão, até perto ao teto que agora tinha um lustre muito bonito e esplendoroso. Havia uma mesa na quina entre o meu armário e a janela. O quarto era bem espaçoso e tinha uma cor arroxeada em uma de suas paredes, que correspondia a da cabeceira da cama. Ainda meio sonolenta, levei minha mão até o criado mudo procurando meu celular.

Sinopse: Burn


 Não queremos partir
Não, queremos apenas ser agora
E o que vemos
São todos na pista, agindo loucamente
Ficando à espreita no escuro
A música toca, estou acordando, paramos a batida
E consumimos mais
E agora acabou, temos o amor
Não há segredo agora, não há segredo agora
-Ellie Goulding - Burn

O que você faria se tivesse que ir em busca de seus sonhos em outro lugar, deixando as lembranças e as coisas boas para trás? O que faria se não tivesse tempo de se despedir de seus melhor amigo e paixão secreta? Faria o quê se ele estivesse em coma?
Sarah tem um sonho. Ela quer se tornar uma grande empresária, e com muita sorte consiga algo a mais para desvendar. Niall, seu melhor amigo e sua primeira paixão, a escondendo. Ele está em coma por um ano, e este acontecimento gerou muitas outras complicações. Não se falaram amigavelmente por uma última vez, na verdade, eles discutiam. O que será que acontecerá neste tempo em que ele está no hospital? Sarah será bem sucedida no exterior? Isso é uma história que apenas será revelada quando as chaves quebradas de cada coração se encontrarem e retomarem a antiga e indeterminada história de amor que precocemente foi descoberta, porém não dita.

✦✦✦✦✦✦✦✦✦✦✦✦✦✦✦✦✦✦✦
Este foi um pequeno resuminho do que irá acontecer. Não quero falar muito, pois posso mudar o rumo da história no meio do caminho. E ah, ela não será uma fic que eu estou acostumada a postar, eu vou tentar melhorar e elaborar mais minha escrita para treinar. 
Espero que gostem c:
✦ Jana ✦

Evrything Has Changed - Capítulo 15 - Final-


Bom, tudo que é bom dura pouco né?! 
Harry's P.O.V 

Havia se passado dois dias e ainda a ideia de voltar lá naquele hospital e exigir explicações de todos não saia de minha mente. Ela se grudou em mim e algo em meu subconsciente me dizia que eu deveria fazer o que minhas ideias mandavam. Emily já devia ter pegado alta e provavelmente estaria em casa, eu teria ido até lá se não fosse pela minha percepção. Ela não voltou para casa.
Ainda permanecia na casa do Zayn. Acordei mais cedo do que o normal, ele não poderia saber que eu voltaria naquele local. Vesti uma calça cinza e uma blusa branca, já estava bem recuperado do meu incidente causado pela bebedeira que foi motivo dela, a Emiy, ela me enlouquece.
Tomei em mãos a chave do carro de Zayn e desci até a garagem. Coloquei a chave na ignição e fui acelerando levemente, engatando a marcha enquanto o portão automático de abria em minha frente.
Cheguei ao edifício e logo fui em direção a recepção.
- Olá, vim visitar a paciente do quarto 231
- Aguarde um instante - remexeu em algumas papeladas e observou por um momento a tela de seu computador.
- Qual seu nome, por gentileza?
- Harry, Harry Styles.

Imagine com Zayn Malik - Dedicado - Dançando no escuro

Esse imagine é dedicado a Thamires, que descobriu a música que inspirou o imagine do Liam. A música certa era Something That We're Not, da Demi Lovato.
_______________________________


- Zayn On - 

Eu me levanto à noite, lembrando dos pedaços de nossos corações. Lembro dela, o que me desperta o sono. E eu então percebo que não tenho nada a dizer. Peço a Deus pelos nossos corpos unidos mais uma vez. Chego em casa de manhã, eu vou para a cama me sentindo no mesmo caminho. Solitário. Eu não sou nada, triste e alegre, quando lembro do seu sorriso mais cansado. 

Zayn: Cara estou apenas cansado e aborrecido comigo mesmo. - Digo passando as mãos pelos meus cabelos.

Imagine com Louis Tomlinson - Dedicado - Quero você de volta

Esse imagine é dedicado a Ariane, que acertou a música do imagine com o Tommo. A música certa era Best Song Ever, e acho que tava mais do que na cara, haha. Me desculpe Ariane se você não gostou do mino que eu coloquei, é que eu esqueci de perguntar(cilada :P). Espero que curtam.

__________________________________


- Ariane On -

Estava andando pelos corredores da escola, me lembrando do meu último e único namorado. Quando acabo esbarrando nele mesmo, pedindo um desculpas "seco" e fazendo caretas para a sua nova namorada. Ele apenas riu, idiota. Terminamos porque tudo ficou meio chato, ele não sabia brincar. Então que não brincasse, era um besta, e ainda é. Ele nunca foi de muitos joguinhos, pelo menos aparentava ser assim. E aí eu pensei que para fazê-lo se tocar, ele precisava me perder.

What's Going On? → Um Ano De Blog


Hey Sweeties ⊱✿◕‿◕✿⊰

Bom, lembram do imagine de um ano de blog? Sim? Está aqui: www E para falar a verdade, ninguém acertou a música em que eu me inspirei, ou seja, imagines para ninguém. Ainda tenho dois imagines dedicados para escrever e talvez poste amanhã. Então, para não deixar vocês chateadas, a primeira pessoa que comentar vai ter o imagine dedicado. E para isso terá que colocar seu nome, o mino preferido e uma música que mais goste. A verdadeira música que eu usei de base para aquele imagine foi Stay The Night da Hayley Williams em parceria com o Zedd. 
Outro aviso é Everything Has Changed  chegou ao final. O último capítulo já está sendo escrito e eu quero me dedicar completamente a ele para que seja um final descente já que não sou muito boa com isso. Não foi uma das minhas melhores fanfics mas eu tenho um amor enorme por ela e valeu a pena cada segundo escrevendo-a. A próxima já estou com ela programada e será com Niall e em uma hipótese ela se chamará Burn.
Para dar tempo de eu escrever pelo menos os três primeiros capítulos postarei uma semana inteira de imagines e essa semana eu vou estar compromissada porque eu tenho layouts para entregar e são muitos. Além disso eu tenho que cuidar de ovos, sim os de verdade. Trabalho de ciências da escola que eu achei muito desnecessário para representar a gravidez na adolescência. Enfim, meus ovos ainda estão vivos ~deem glória a Deus~ E se chamam Gemma e Clara. É, porque eu não tenho imaginação. 
Quem sabe, eu não escrevo só imagines, também gosto de escrever algo que não tem nada haver com meus ídolos e quem quiser dar uma olhadinha nos textos eu tenho um blog pessoal. Se vocês puderem entrar lá, seguir e comentar, muito obrigada! www
✖ Jana ✖

Make Me Wanna Die - Capitulo 6.

Lucas - Capitulo 6.

Eduarda Voice's

Depois de muita discussão por bobagens, ele foi embora. Como alguém consegue ser tão insuportável ? Eu já estava entediada , já era hora de dormir um pouco. Eu me deitei e comecei a mexer em minha gaveta da mesinha que ficava ao lado da cama, achei um álbum de fotos. Ali estavam fotos minha e de Lucas, ele sim era o garoto dos meus sonhos. Por que você tirou o Lucas de mim meu Deus ? Você podia ter levado a mim, mas você levou ele que era tão bom. Achei um envelope amarelado ali, tinha certeza que era a última carta que ele havia escrito para mim antes que se fosse.

Imagine com Harry Styles - Dedicado - A dor da perda

Aqui está o imagine dedicado da vencedora do imagine do Niall. A música certa era Over Again, dos minos. Espero que gostem, principalmente a ganhadora, Laura.

______________________



- Laura On -

- Laura você precisa ir á um médico. - Disse segurando o meu cabelo enquanto eu vomitava, estava tonta, com náuseas e me sentia mal o tempo todo.

Laura: Não preciso, é só uma queda de pressão.

Emily: Você também não faz nada não é? - Disse me olhando levantar e escovar os dentes. - Antes você era toda energética e agora que você terminou com o namoradinho não faz mais nada! Queria o quê?

Laura: Olha, eu não preciso de sermão.