Burn - Capítulo 5


E pra finalizar
Todas as fotos foram queimadas
Todo o passado
-Don't Forget

Ao repensar na forma em que reagi ao conversar com o garoto daquela loja, seja talvez, algo que represente o meu passado ficando para trás, sendo afundado num baú que eu não quero ter a chave. O passado ficou no passado, porém não significava que eu iria me apaixonar completamente no primeiro instante em que eu conversasse novamente com o garoto que eu mal sabia o nome, seria muito difícil. Mesmo tendo esta casaca mostrando que tenha superado rapidamente não quer dizer que lá no fundo esteja frágil e com medo. Medo de me apaixonar novamente e não conseguir admitir isso para mim mesma e acabar ferindo ambas pessoas, tenho medo de me aproximar demais das pessoas.

...

O dia passou bem, reabasteci meu estoque de comida e preparei meu almoço e passei o resto da tarde assistindo filmes e minhas séries favoritas acompanhadas de muita pipoca e refrigerante. O apartamento começou a ser muito grande para um pessoa só morar, seria bom dividir aqui. Dividíamos o espaço, o aluguel e não me sentiria tão solitária, benefício para os dois. Melhor esperar e pensar mais nessa possibilidade. Já estava deitada conferindo minhas redes sociais e lendo algumas mensagens em meu mural de meus colegas que não tinha muita proximidade e alguns parentes, e escandalosamente meu celular apita indicando uma nova mensagem. Minha mãe. 

"Oi filha. Tudo bem ai? Espero que sim, seu pai e eu concordamos em te deixar se virar ai sozinha, mas se precisar mandaremos alguma coisa para ajuda. E, sei que não quer lembrar dessas recordações mas o Niall finalmente acordou (: Beijos mamãe e papai. Saudades enormes"

Sorri ao ver a preocupação que eles têm por mim e havia duas partes em mim que reagiam a notícia de Niall que eu acabara de absorver. Uma que comemorava incessantemente e pensava que um dia pudesse voltar naquela época e viver um amor inacabável e a outra que apenas guardava no baú de lembranças que não podiam ser ativadas. 

Continuei com o celular nas mãos relendo vezes e mais vezes aquela mensagem. Estava feliz por ele, porém esperava que ele se lembrasse de mim. Quem sabe uma ligação, uma mensagem que mais tarde eu receba dele. Adormeci com esse pensamento na cabeça e naquela noite em meus sonhos eu fantasiei minha vida ao lado daquele homem que eu realmente não sei o que sinto. Talvez, seja amor. Não o culpo por nada, ele não teve culpa, só queria poder voltar para ele mas e tarde demais.

Mantinha o riso leve nos lábios ao acordar, me espreguicei preguiçosamente e me descobri. Me levantei e fui até a varanda, abrindo a cortina e sentindo a brisa matinal. Fiz um café e o tomei com bolachas e logo escolhi a roupa em que eu iria para meu primeiro dia naquela faculdade, são somente dois meses -pensei comigo.

Sai de casa uns dez minutos antes do início das aulas e cheguei ainda com tempo de sobra, além de ser um pouco longe, mas nem tanto. Me sentei em uma das mesas do refeitório que em algumas eram ocupadas por alunos e respondi minha mãe sem tocar no assunto Niall. Talvez fosse melhor bloqueá-lo um pouco de meus pensamentos sobre ele até eu terminar meus estudos e poder conseguir uma boa profissão. Mais uma vez vi aquele garoto e a menina que andavam de mãos dadas e que insistiam em me observar. Eles passaram por mim e o sinal tocou, impedindo-me de olhá-los de volta. 

Olhei no papel que tinha o número das salas que eu iria ter aula e entrei me sentando no fundo. Não conhecia ninguém, as pessoas se reencontraram e se separaram em grupos. Olhei uma menina de cabelos pretos e lisos de comprimento até a cintura se sentar ao meu lado e me desejar um bom dia, ignorando os outros alunos.

Três aulas se passaram, o sinal para o intervalo soou. No tempo dessas aulas troquei algumas palavras com a menina que se tinha por nome Liz. Ela era bem parecida comigo em gostos e qualidades que eu pude perceber, enquanto ela tirava algumas dúvidas com o professor fui pegar minha comida e me sentei em uma das mesas vazias.

Mastigava um pedaço da maça e me concentrava em ler meu livro nos intervalos das mordidas. Estava distraída e nem percebi a presença da garota em que me lançava olhares desconfiados junto com seu suposto namorado.

-Aluna nova 'né? - ela perguntou sustentando meu olhar friamente e suas amigas também me observavam. Concordei com a cabeça.
- Bom, novatos sempre tem que receber algumas instruções e a que eu vou te dar é a mais importante. Sabe aquele garoto ali? - Apontou para o qual eu já sabia que era.
- Sim -respondi indiferente, quase como um sussurro.
- Então, aquele é meu namorado. Todos tem a obrigação de seguir essas regras; não se interesse por ele, não converse com ele a não ser que ele venha falar com você e não se insinue para ele, se não fazer o que estou mandando não sei o que será de você, queridinha. Não se esqueça do nome Amy, porque eu posso fazer muita coisa que não está a seu alcance.
Dito isso ela saiu e de longe pude avistar Liz vindo em minha direção se sentar. Logo relatei o que aconteceu minutos atrás.

-------------------------------
Hello Bitches.
Bom, primeiro eu to decepcionada porque o capítulo anterior teve apenas 1 comentário, nossa muito obrigada pela consideração de vocês, gastei meu tempo pra ninguém comentar, assim não dá né gente?!
Esse tempo que eu não postei é porque eu to estudando, e é bem provável que eu não entre muito esses dias porque eu preciso recuperar uma nota minha em matemática. Recompensei esses dias com esse capítulo e quando puder vou escrever mais imagines nessa semana ou na que vem. Continuo com 10 comentários.
Jana.

10 comentários:

  1. Continuaaa ta perfeita!!! bjs karol

    ResponderExcluir
  2. Vc PRECISA continuar!As pessoas leem sim,de repente elas só nao querem(ou sei la)comentar.
    xxGiovannaDarivaxx

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada por comentar <33 então mas eu dou o máximo para postar, imagina se eu não quisesse postar igual a quem não quer comentar?!

      Excluir
  3. Eu acho seu blog o máximo e sempre que posso comento suas postagens. Esse capítulo ta foda e, essa Amy é chata!

    ResponderExcluir
  4. Essa era a unica fic aqui do blog que eu não lia. Agira eu vi que eu estava perdendo tempo. Essa fic é muito bom. Estou amando. Continua logo por favor!
    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  5. Essa fic ta muito boa so que da uma animada ai ta muito baixo astral ;D

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar
Críticas construtivas são aceitas.
Não desrespeite as autoras do blog. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão excluídos.
Não peça para divulgar seu blog/página, existe uma página para isso aqui.
A comentário tem que ter relação com o assunto da postagem
Deixe o link do seu blog no final (sem o http) para retribuir a visita
Não aceito mais selos
Volte sempre ♥