Mini Imagine com Lottie - Para Boydirectioners

Eu fiz esse mini porque eu vi o quão poucos são imagines para boys. Então, tcharam! E também eu fiz porque tem um tio que eu acho que é boydirectioner que comenta a fic da Janinha. 

Por favor nem esperem tanto, porque esse é o primeiro imagine para boydirectioners que eu fiz. Espero que gostem, já que a vida não é feita só de directioners(graças a Deus *.*, assim posso arrumar um boy só pra mim, hehe).

P.S.: Queridas directioners(e não boydirectioners), se vocês quiserem imaginar com esse imagine. Se imaginem no lugar da Lottie, com o mino preferido no lugar do boy.

_______________________________________


Havia sido contratado pelo próprio Louis Tomlinson para vigiar e andar com a sua irmã durante a sua curta estadia em Londres. Agora ela morava no Brasil, o meu país de origem, e como eu vim passar um tempo aqui precisava de um trabalho, na hora topei. Dias depois descobri que quem havia me indicado foi um dos meus melhores amigos, Niall Horan. Ele é um cara legal.

Acho que essa foi a melhor notícia que eu já recebi na vida - além de vir pra Londres, claro -. Já que desde que eu conheci ela pelas fotos, ao lado do seu famoso irmão senti que meu coração pulsou mais forte. Ela é linda, extrovertida - igual a alguém que eu conheço - e inteligente. Sempre foi carinhosa comigo, e toda vez que eu ia a acompanhar, eu dava o meu melhor. Estufava o peito e andava parecendo que tinha algum problema com as minhas calças, até notar os seus olhares e risos sobre mim e perceber que aquilo era uma ação totalmente estúpida.
Ela caminhava na minha frente, era de noite e estava frio. Segurava o seu sobretudo como se ele não fosse suficiente, tinha uma expressão séria, caminhei um pouco mais depressa e a abracei de lado enquanto caminhávamos até o apartamento do Louis. Estávamos indo buscá-lo, e claro, aproveitar para pegar uma carona. A primeira coisa que vi quando abriram a porta foi Harry dar um sorriso - maliciosidades á parte -. Ah, qual é?! Ele está mesmo querendo me fazer vergonha em frente á garota que eu gosto á anos?! Isso é sacanagem, literalmente.

Harry: Entrem. - Disse dando espaço para que apenas ela entrasse, quando fui entrar depois dela, ele me deu uma cotovelada. Sacana! - Então, o que andavam fazendo de bom?

Você: Onde está o Louis? - Digo logo cortando-o.

Harry: Lá no quarto. - Disse bufando, indo o chamar.

Louis: Opa, vamos logo! Eleanor vai chegar em meia hora. - Disse quase correndo, todo animado. Passou pela irmã e nem a cumprimentou. Estranho...

Estávamos a caminho do aeroporto, em seguida iríamos jantar. Lottie permanecia com uma expressão triste, já Louis estava sério. Com certeza eles haviam brigado, só não sei porque. Pouco tempo depois me pediram para ficar no carro, enquanto eles iam buscar a Eleanor.

Harry: Abre aí o porta-malas - Disse trazendo duas grandes malas. Sinceramente, eu não sei pra quê tudo isso.

Eleanor: Vamos gente, se não fica tarde e o restaurante fecha. - Disse passando ao meu lado e entrando no carro.

Você: Oi pra você também Eleanor.

...

Eu não fui ao restaurante, resolvi apenas levá-los e buscá-los assim que estivessem prontos, como um segurança. Estava na casa do Harry, olhava para a sua grande tevê, seu grande sofá, sua grande casa. Eu sinceramente não entendo para quê tantas coisas. Tudo bem que no estado dele, falta é onde gastar dinheiro. Mas eu tenho certeza que gastaria em algo que gere mais futuro. Harry é Harry, né.

Fiquei pensando nessas coisas idiotas - e fúteis - quando recebo uma ligação. Pensei que já tivessem terminado o jantar, mas partiu o meu coração atender aquele telefone e escutar ela chorando. Lottie. Fui buscá-la e a vi na esquina próxima ao restaurante. Com um vestido vermelho e longo que havia vestido antes de irem.

Você: Entra no carro Lottie. - Digo abrindo a porta(por dentro do carro mesmo).

Lottie: Obrigada. - Disse chorosa. Enquanto tomávamos o rumo de volta pra casa. Acho que ela não tinha mais vergonha de estar chorando na minha frente. Já que éramos amigos á um longo tempo.

Você: Os outros só vem depois? - Digo e ela solta um "Hum, hum". - Quer me falar o que aconteceu? - Pergunto depois de um curto tempo de silêncio.

Lottie: Foi ela.

Você: De novo? - Digo já com raiva. Eleanor sempre á maltratava, mesmo que longe das câmeras. Mas ela fazia isso, e Louis nunca defendia a irmã.

Lottie: De novo. - Disse voltando a chorar.

Você: Temos que fazer alguma coisa. - Digo e ela faz que não com a cabeça, olhando para o sinal á nossa frente. - Isso não é justo com você.

Lottie: Eu vou falar com o Louis. - Disse convencida.

Você: Quê? Falar com o Louis? Ele nunca te dá ouvidos. Ele não está nem aí. - Digo praticamente gritando.

Lottie: Ele se importa, eu sei que ele se importa. Lá no fundo! - Ela dizia alterada. Pera, estávamos brigando?

Você: É melhor pararmos por aqui. - Digo me controlando, acho que ela percebeu. Porque se ajeitou em seu assento e ficou calada por um longo tempo.

Chegamos em casa e desci para abrir a porta do carro pra ela. Eu estava tentando ser cavalheiro. Mas ela desceu antes e correu para dentro do prédio.

Você: Ei, calma! Me espera!

Lottie: Pra quê? - Ela dizia chorando. Nossa, ela só sabe chorar mesmo? - Pra você vir e me acalmar, dizer que é o meu amigo e que está tudo bem? Que vamos dar um jeito para esse meus problemas com o Louis, com a Eleanor? Depois me fazer dormir nos seus braços e sumir? É isso o que você quer?

Você: Ei eu não disse nada disso. Eu gosto de você. - Digo tomando um susto com a sua explosão.

Lottie: Mais do que amiga? - Perguntou caminhando até mim. - Você me ama? - Falou e eu fiquei perplexo. 

Você: Mais do que tudo. - Nunca pensei que eu "sopraria" essas palavras. Simplesmente, sem perceber eu as disse. - Eu te amo. - Sem nenhum ensaio.

Lottie: Eu sempre soube. - Disse sorrindo e me beijando.

Será que ela realmente sabia, de tudo? Estava tão óbvio? Que todos os dias eu tentava dar o meu melhor. Que todos os dias eu a defendia, que eu lutava por ela. Pelo seu bem estar. Que eu gostava de vê-la segura. Ela sabia, e nada me deixava mais feliz. Eu estou apaixonado, por ela e por todas essas pequenas coisas.

____________________________

Nuss, que clichê!

Ficou mesmo né? Mas valeu a intenção, haha.

Demis tá no brasiiiiiiil!! <3

A minha diva, eu já chorei um montão de vezes esse final de semana porque ela tá aqui *.*

 <3<3<3<3<3

P.S.: Amo vocês gatinhas e gatinhos.

SMACK!

Hanna Ashley

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar
Críticas construtivas são aceitas.
Não desrespeite as autoras do blog. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão excluídos.
Não peça para divulgar seu blog/página, existe uma página para isso aqui.
A comentário tem que ter relação com o assunto da postagem
Deixe o link do seu blog no final (sem o http) para retribuir a visita
Não aceito mais selos
Volte sempre ♥