Holy Grail - Capítulo 2


Harry POV

Eu havia mentido para Louis. A primeira vez que eu não lhe disse a verdade, porém não havia outra maneira de agir. Não me sentia bem em não dizer a verdade para ele, aliás eu nunca havia feito isso, nossa relação sempre foi muito transparente e sempre dizia tudo o que estava me incomodando. Dessa vez não era mais um obstáculo que podíamos vencer juntos, eu tinha que fazer isso sozinho, ambos sentiriam a dor que seria proporcionada contudo a culpa me perseguiria, pois eu serei egoísta. Várias possibilidades e ideias de reverter essa situação, todas elas levavam a mesma conclusão de que seria doloroso, ocorreria o óbvio. 
Não estava com sono, poderia ficar acordado aquela noite inteira de tão entorpecido que eu estava. Teria que deixá-lo. Sabia que não seria capaz de dizer aquilo no próximo dia, cara a cara, por isso, decidi escrever para ele.
Louis, 
Me sinto responsável por você desde o dia em que de uma forma natural que eu subestimava a existência aconteceu. Me apaixonei por você e me sinto feliz por ter sido reciproco. Lembro de quando tivemos nosso primeiro encontro, nossa primeira vez, nosso primeiro beijo, você se tornou  minha vida e eu não quero que se torne apenas parte de minha lembranças, eu quero viver uma realidade concreta, minha intenção desde o princípio. Escrevi uma canção para você, pode parecer pouco mas é através disso que eu consigo demonstrar o que eu sinto. Me sinto culpado por ter levado nosso amor a essa situação deplorável, porém não posso jogar tudo para o ar e desistir dessa forma. Tenho um contrato para seguir e penso que posso reverter essa situação e vir te buscar e fugirmos para um lugar que não haja nada para nos atrapalhar.  Eu vou voltar Loueh, acredite em mim, acredita no nosso amor porque ele é mais forte do que todos os nosso problemas, eu prometo. 
- Seu eterno e amado, Harry


Sendo o mais novo, porém tinha em pensamentos de que Louis por ser dois anos mais velho não iria compreender minha escolha, estava fazendo aquilo pelo bem dele. Não aguentaria ver ele sofrendo, meus fãs atingindo-o com palavras maldosas, o que ele ele sentiria teria reflexo em mim, tudo minha culpa. Mesmo longe como brevemente eu iria estar ainda me sentia na obrigação de proteger o meu amado. 
Depois de tanto refletir com a cabeça entre as mãos subi as escadas silenciosamente e abria a porta do quarto que dividíamos e que logo iria ficar vazio com apenas uma penumbra minha, da mesma forma. Louis dormia tranquilamente, as costas desnudas iam para cima e para baixo levemente. Os cabelos lisos bagunçados e os braços envoltos em meu travesseiro. Sentei ao seu lado e passei meus dedos nos contornos de seus músculos desenvolvidos de suas costas. Minhas carícias se estenderam pelo braço direito e ele deixou escapar meu apelido em um gemido manhoso. 
Parei imediatamente receoso de que ele poderia despertar e acontecer o pior, porém continuava com um singelo sorriso nos lábios e as pálpebras permaneciam fechadas, ele estava sonhando. Me levantei cuidadosamente e peguei minha bolsa com meus pertences básicos e depositei delicadamente um beijo nos lábios dele, sussurrando que eu voltaria e que eu o amava muito.
Fechei a porta, não para dar um fim no sentimento que cultivávamos por muito tempo, não. Estou fazendo isso por quem eu amo, seria capaz de desistir da fama por ele, pretendo escrever mais um último single, me dedicar a essa música e fazer uma homenagem aos meus fãs que tanto me amavam e eram as pessoas mais especiais para mim, dividiam o espaço com Louis em meu coração. Depois de me despedir de minha carreira e daqueles que eu amo eu voltarei para aquele que sempre teve meu coração nas mãos. Estava pagando o preço da fama.

---------------------------
Hey babies!
Sei que estão decepcionados comigo por ter demorado anos para ter postado este capítulo, tive um bloqueio enorme e além disso estava concentrada em escrever Burn. Bom, estou de volta cansada e quebrada mas estou. Essa semana vai ser bem difícil para mim porque vou ter que me concentrar demais em tirar uma boa nota em matemática. Comentem. 
Jana

5 comentários:

  1. continuaaaa perfeito simplismente amando

    ResponderExcluir
  2. Continuaaa ta perfeito!!! :)

    ResponderExcluir
  3. ai Jesus. Acho que venho a óbito antes do final da fic... Brincadeira. Minha vida depende de ler isso até o final... Talvez. Haha, perdoada pela demora, sei como é ter um bloqueio, nos sentimos impossibilitados, de mãos atadas, ou com algo preso na garganta. Tbm escrevo, mas nunca mostrei pra ninguém... Mas parabéns pela criatividade, realmente vc tem talento, Jana, to morrendo de vontade de saber o por quê do Harry estar partindo! xx Carol :-P

    ResponderExcluir
  4. Meu Deus, como cabe tanta perfeição em apenas um capítulo? Eu era uma seguidora fiel de DLMG e qcho que com Holy Grail não será diferente. Continua logo, por favorzinho Jana.
    Beijinhos!!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar
Críticas construtivas são aceitas.
Não desrespeite as autoras do blog. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão excluídos.
Não peça para divulgar seu blog/página, existe uma página para isso aqui.
A comentário tem que ter relação com o assunto da postagem
Deixe o link do seu blog no final (sem o http) para retribuir a visita
Não aceito mais selos
Volte sempre ♥