Apparently - Capítulo Vinte e Nove - Nova garota

- No capítulo anterior - 

...

Ela lembrava que assistiu tantos filmes, inúmeras vezes, a boa moça sofria aquela transformação e todas as pessoas a olhavam indignadas, surpresas com tanta beleza. Era a hora em que, finalmente, a patinha feia virava uma cisne. E com ela, agora, foi diferente. "Mas afinal de contas, cadê a minha parte feliz da história?", pensava enquanto olhava o seu reflexo nu pelo espelho do banheiro, após uma ducha bem quente.

- Você On -

Andava pelos corredores da escola no final da tarde.


Claire e Eleanor já tinham se acertado comigo, dei qualquer desculpa esfarrapada de que não me sentia bem e elas engoliram, pelo menos a Eleanor; Zayn está namorando com a Donna; e voltei a frequentar a psicóloga, por decisão própria.

Sabe aquelas listinhas sobre sentimentos, causas e efeitos? A Dr. Karen me pediu uma, que eu estava fazendo exatamente quando o Harry chegou.

- Flashback Mode On -

Harry: (S/N)? É você? - Me virei.

Você: Oi.

Harry: UAU! - Disse ele se aproximando. - Você está linda.

Você: Obrigada - Digo sorrindo tímida. - Senta aí.

Ele se sentou e ficou me encarando, fechei o caderninho antes que visse qualquer coisa. Pedi um frappuccino(sabe lá Deus como se escreve isso) pra ele, chocolate quente pra mim, e biscoitos para nós dois.

Harry: O que você fez tanto? - Ele disse apontando para o meu cabelo.

Você: Ah, eu pintei, descolori, e fiz umas outras coisas.

Harry: Hum. - Ele deu um sorrisinho tentando mostrar interesse.

E assim depois de um longo tempo conversando, vi Niall e Eleanor entrando e sorrindo de mãos dadas no Starbucks. De início, nem percebem a nossa presença.

"Só sabe rir gritando, escandaloso", eu pensava com os punhos cerrados.

Você: Humpf. - Soltei esse gemido rancoroso sem querer, fazendo Harry ficar confuso ao olhar para trás.

Harry: O que foi? - Ele perguntou ainda não percebendo a presença dos pombinhos. Bem ás suas costas.

"Lerdo!", pensei novamente.

Você: Nada não.

Harry: Oh, Niall! - Ele disse finalmente se levantando e indo até o amigo, que estava ocupado trocando saliva com a garota. - Ei gente, calma. Tem motel aqui na rua!

Niall: Só estou curtindo a minha namorada. - Disse olhando nos olhos dela, enquanto sorria.

Harry: Venham sentar aqui comigo, a (S/N) também está. Olha ela ali. - Ele disse apontando pra mim, enquanto eu levantava o meu casaco preto um pouco acima do rosto, tentando me esconder e sair de fininho.

"Mas que droga! Você é idiota ou quê? Styles!".

Você: Ah, oi gente. - Eu disse tentando parecer o mais cínica possível, direcionando o meu olhar ao Niall. Esperando que ele entendesse e fosse embora.

Eleanor: Oi (S/N), tenho novidades pra te contar! - Ela disse se sentando na minha frente toda feliz, onde Harry sentava.

"Que ótimo".

Niall: Não Eleanor, nós temos que ir. - Ele disse suplicando.

Eleanor: Ah, Niall qual é? - Ela disse tirando as mãos dele do seu braço. - Já passamos o dia inteiro juntos.

Niall: Mas é que.. ah, você sabe. - Ele disse coçando a nuca.

Eleanor: Eu quero conversar com a minha amiga, amor! - Ela disse fazendo manha. "Tadinha".

Pra facilitar a história: depois de muita conversa, Eleanor não conseguiu me contar nada; não terminei a lista; e minha noite foi finalizada com Niall(cara de bunda) ao lado de Eleanor, junto com Harry ao meu lado.

"Encontro duplo, que maravilha".

- Flashback Mode Off -

Donna: O que você fez no cabelo? - Perguntou encostada na porta do quarto, me observando penteá-lo.

Você: Descolori e pintei. - Falei balançando a cabeça de um lado para o outro. - Californianas.

Donna: Ficou legal. - Disse dando um sorrisinho sincero.

"Okay, isso foi estranho", pensei.

Você: E o que te faz pensar nisso?

Ela não respondeu, fechou a cara e entrou no banheiro. Depois disso, apaguei e não á vi mais naquela noite.

- Narradora On -

Você: Me diz o que aconteceu Claire. - Disse sacudindo a amiga, que estava quase desmaiando. - Claire eu tô preocupada, me diz.

Claire: Não, não, não. - E começou a chorar.

Você: Não tem como eu te ajudar se você não me contar o que está acontecendo. - Disse cruzando os braços.

Claire: Só não me deixa sozinha. - E se jogou nos braços da amiga.

Você: Qualquer coisa que tenha acontecido, pode me contar. Tá bom? - A garota ficou passando as mãos nos cabelos loiros da amiga, pensando no que poderia tê-la feito ficar assim.

"Zayn?", pensou alto e claramente. Quando a garota começou a chorar ainda mais.

Você: Foi o Zayn, não foi? - Perguntou e a garota se aconchegou ainda mais no abraço, afirmando. - Tente não ficar assim, Claire. Todos nós sofremos por amor.

Disse e olhando o estado da amiga, e pensando no Niall, começou também a chorar. Reparou que estava ultimamente grosseira e sensível, isso significava uma coisa: TPM.

Louis: Mas, o que é isso?

As garotas foram pegas de surpresa, mas sabiam que corriam perigo: estavam sentadas no mesmo banco em que tempos atrás, (S/N) beijava Niall pela primeira vez. Não que ela soubesse.

Você: Louis, por favor. A gente pode conversar outra hora?

Ele não disse nada, chegou mais perto. Agachou-se e os três ficaram abraçados por um bom tempo. Poderia no momento não ter razão, mas Louis era um bom amigo.

Louis: Então, pode me explicar agora? - Pediu depois que Claire parou de chorar.

Você: Desilusões amorosas? - Perguntou e afirmou ao mesmo tempo, fazendo uma careta.

Claire: Ah, boa noite pra vocês. Fui! - Disse enxugando as suas últimas lágrimas e desaparecendo em meio aos corredores escuros.

O silêncio reinou-se ali mesmo. Louis sentou ao lado da garota e em questão de minutos, suas mãos estavam entrelaçadas discretamente.

Louis: Sabe, (S/N). O Harry é um idiota, mas eu shipparia vocês juntos. - Disse rindo.

Você: Porquê você pensa isso?

Louis: Vi vocês dois, semana passada lá no Starbucks da Villers Street(essa rua existe de verdade, e tem um Starbucks lá).

Você: Hum.

Louis: Você dá mole pra ele. - Disse empurrando a garota levemente pelos ombros.

Você: Claro que não! Você mesmo disse que ele é um idiota.

Louis: Mas vamos, eu sou o melhor amigo dele. E sei que ele "arrasta um avião" por você.

Você: Me poupe das suas brincadeiras, William.

Louis: William?

Você: É. - Respondeu soltando sua mão e cruzando os braços, fingindo manha.

Louis: Mas, como você sabe? - E ela continou calada. - Já sei, foi o Harry, não foi?

Você: E se foi ele? O que isso muda? - Perguntou com o olhar desafiador.

Louis: Nada. - Disse levantando-se. - Mas vem cá. - Puxou o braço da menina e a levou até os dormitórios masculinos.

Você: E se nos pegarem aqui?

Louis: Fala baixo, guria. Quer acordar todo mundo?

Disse destrancando o seu quarto e puxando a garota rapidamente.

Você: O que a gente veio fazer aqui?

Louis: Espera! - Disse sem paciência.

Você: Mas e os meninos?

Louis: O Niall está com a Eleanor, e o Harry está vadiando.

Então ela se sentou e ficou observando o quarto, enquanto Louis procurava alguma coisa na estante.

Você: Filme? - E ele respondeu, "Uhum". - Terror não, tá?

Louis: Poxa, só porquê eu tava procurando Poltergeist.

Você: Oh, não Louis!

Louis: Qual é, não vai me dizer que tem medo?!

Você: O problema não é assistir, é na hora de dormir. Isso sempre me causou pesadelos! - Disse começando a se estremecer, ela odiava isso.

Louis: Tá bom, tá bom. Garotinha! - Nunca foi de ligar para isso, mas dessa vez, ela se estressou.

Você: Tchau! - Disse recolhendo o seu casaco do chão e procurando as chaves do seu quarto.

Louis: Ei, (S/N)! Aonde pensa que vai?

Você: Embora daqui. - Respondeu abrindo a porta.

Louis: Não, calma. Essa não era a minha intenção. - Disse segurando a mão da garota. - Por favor, fica.

...

Depois de um longo tempo, decidiram que filme assistir. Escolheram Frozen, e se enrolaram juntos numa mesma coberta.

"Ele está próximo demais", pensou enquanto estavam abraçados.

Louis: Algum problema? - Perguntou sorrindo, a garota negou com a cabeça.

"Porquê ele tem que ser irresistível?", perguntou á si mesma. Observando o garoto.

"Porquê ela tem que ser tão linda?", pensou ele.

Olhou para ela, que ao mesmo tempo o olhou. E em uma cena emocionante, (S/N) se aproximou e selou os seus lábios. Num beijo doce e calmo.

"Estou beijando o meu amigo, meu Deus!" e "Nossa, como ele beija bem", pensou feliz e confusa.

Nunca pensou que fosse beijar alguém como Louis, um garoto agitado e divertido. Enquanto ela, fã da mesmice, gostava de ficar trancada no quarto lendo um bom livro. "Nunca pensei que ele fosse tão atraente", pensou novamente.

Terminando o beijo, os dois abriram os olhos calmamente e cada um encontrou no outro, mesmo que por um momento, amor. "Deve ter sido só carência", ela pensou relaxada. Ainda coberta pelo êxtase do beijo, levou sua mão até a nuca do garoto e a acariciou de forma serena e inocente. Assim o puxou para mais um beijo, que logo se transformou em selinhos.

Pouco tempo depois, os dois se afastaram sérios. Um de frente para o outro, e quando os seus olhares se encontraram: tímida, ela virou o rosto. Encontrando o seu livro perdido, Alice no país das maravilhas. Mas como não queria estragar o seu momento com Louis, preferiu não arriscar levantar e pegar o livro, ainda com a possibilidade de não ser o seu, e sim um qualquer outro exemplar.

Se encararam novamente, dessa vez sorrindo bobos um para o outro. E ele chegou mais perto e a abraçou de lado, fazendo ela deitar-se em seu peito, prontos para terminar de assistir o filme.

- Na manhã seguinte -

Assim que abriu os seus olhos virou-se para a cama ao lado. Donna já havia se levantado e provavelmente estaria no banho. Sentou-se na cama e se lembrou da noite passada, dando um leve sorriso enquanto coçava a cabeça.

Donna: Bom dia. - Disse alegre indo em direção ao seu celular, que carregava na estante de livros.

Você: Bom dia, Donna.

Donna: A noite foi boa, não foi? - Disse dando um sorrisinho, qual a garota começou a suspeitar. - Quando vim pro quarto você não estava aqui, e quando acordei, te vi dormindo com um sorriso.

Você: É, foi uma noite divertida. Obrigada.

Levantou e foi em direção ao banheiro, onde tomou um banho bem gelado para despertar e vestir-se.


Ao notar o grande suspiro da garota, Donna perguntou:

- Pra onde vai gata desse jeito?

Você: Pra aula, ué. - Disse meio tímida.

Donna: Você tá linda!

Você: Valeu. - Sorriu e saiu do quarto.

Começou a caminhar entre os corredores da grande escola em busca de Claire ou Eleanor, já que a garota lhe devia alguma novidade.

Louis: Bom dia princesa! - Disse sorrindo ao beijá-la na bochecha, bem pertinho da boca.

Você: Lou, o que você está fazendo? - Falou em um sussurro, quando notou que estavam chamando atenção.

Louis: Beijando minha garota, ué.

Você: Não sou sua garota. - Retrucou fazendo uma careta.

Louis: Mas eu pensei que, depois do beijo ficaríamos juntos. - Disse meio chocado.

Você: Eu, eu não sei Louis.

Louis: Então, se essa produção não é pra mim. Pra quem é então?

A garota ficou calada, parada. Olhou para os lados e logo avistou, ao longe, Niall e Eleanor andando de mãos dadas, sorrindo um para o outro. Ninguém sabia o quanto ela se sentia magoada. Então sentiu Louis entrelaçando suas mãos, virou para ele e lhe deu um breve selinho, fofo.

Louis: Já te entendi, carrot.

Ela apenas sorriu e os dois, juntos, foram de encontro ao outro casal. E por um momento, lembrou-se de Zayn, que há tempos não falava com ela. Estava sentindo sua falta. Assim que tomaram o café da manhã, Niall e Louis levantaram se despedindo e indo até a sala de história, enquanto (S/N) esperava ansiosamente a notícia que Eleanor prometera lhe contar.

Você: Dá pra você engolir isso logo? - Falou impaciente olhando a amiga mastigar uma rosquinha rosa.

Eleanor: Desculpa. - Disse limpando as suas mãos. - Só queria te contar que eu e o Niall estamos dando um próximo passo: conhecer os nossos pais.

(S/N) se sentiu meio surpresa com aquela história, já que pra ela esse era um grande passo. Aprendeu assim, assistindo aos filmes românticos que sua mãe adorava. E em questão de segundos, sua amiga mudou totalmente o rumo da história.

- E você e o Louis? - Ficou em silêncio e revirou os olhos. - Ah, qual é? - Disse se levantando. - Eu vi vocês dois de mãos dadas agorinha, deram até um beijo.

Você: Realmente, foi "o beijo". - Disse fazendo aspas com as mãos, sarcástica.

Eleanor: Humpf! Tudo bem, né? - Ela assentiu e deram as mãos. - Mas e essa roupa linda, quem é que escolheu pra você? - Disse dando um sorrisinho de canto.

Você: Você, Eleanor. - Riram e recolheram os seus materiais, caminhando rumo ás suas respectivas aulas. 

- Flashback Mode On -

Ela enfim desistiu, jogou seu casaco novamente no chão e se esticou na primeira cama que viu, relendo a verdadeira cópia do folheto:

Trair a confiança da amiga, dá nisso: culpa.
Viver com uma garota que te odeia, dá nisso: raiva. 

Ver o seu (ex) ficante namorando a sua melhor amiga, dá nisso: ciúmes.
Passar tanto tempo longe de casa, dá nisso: saudades.
Ver o seu melhor amigo longe, dá nisso: solidão.

- Flashback Mode Off -

Hoje é o meu último dia de férias. As minhas foram ótimas, e a de vocês?
Espero que tão boas quanto a minha :)

Já curtiu a nossa página no facebook?

Hanna Ashley

9 comentários:

  1. EU PRECISOOOO DO PRÓXIMO CAPITULOOOOO! MEU DEUS DO CÉU ! QUE PERFEITOOOOO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AAAAAAH, eu me sinto tão iludida quando vocês falam desse jeito!

      Excluir
  2. HANNA VC VOLTOU QUE EMOÇAAAO !!! TAVA COM SAUDADES !!!! LI APPARENTLY 2 VEZES DEPOIS QUE VC PAROU DE POSTAR !! MAS AGORA VC VOLTOU TUTS TUTS TUTS ! POSTA LOGO O PROXIMO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Balada, tuts tuts tuts tuts -, kkk. NOSSA, duas vezes? Amiga, cê é guerreira. Ah, já tô escrevendo o capítulo TRINTA, que emoção! :D :B

      Excluir
  3. Ai meu Deus, eu estava tão envolvida no livro que eu tava lendo que eu esqueci de entrar aqui! Agora eu estou morrendo de raiva de mim, por não ter lido antes!! Cara, você tem que continuar logo. Eu sou completamente apaixonada pela Apparently!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não fique com raiva de si, amore. Eu também estava lendo alguns livros e tendo ideias para Apparently :)

      Excluir
  4. Por onde vc andou, hein Hanna ? Eu preciso do próximo capítulo urgente !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lendo e tendo ideias, flor. Já estou escrevendo o capítulo trinta. E também a segunda parte de Superhero. Já leu?

      Excluir
  5. Hanna sua linda Continuaa ta mt perfeito!! :)
    Xx Karol

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar
Críticas construtivas são aceitas.
Não desrespeite as autoras do blog. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão excluídos.
Não peça para divulgar seu blog/página, existe uma página para isso aqui.
A comentário tem que ter relação com o assunto da postagem
Deixe o link do seu blog no final (sem o http) para retribuir a visita
Não aceito mais selos
Volte sempre ♥