LongFic - She's Not Afraid - Capitulo 4


Capitulo 4 - Eu te amo.
Baby, baby, você está ouvindo? Me pergunto por onde você andou toda minha vida, eu acabei de começar a viver / Adore You - Miley Cyrus
 Harry Voice's


Um misto de amor e de medo tomavam conta de mim, eu não sabia se havia feito o certo com esses beijos, mas fora tudo que passou pela minha mente naquele momento. Eu estava disposto a fazer daquela noite a melhor de nossas vidas, e essa fora o primeiro passo. Minhas mãos seguravam o rosto dela e as dela pousaram em minha nuca, faziam caricias ali. Eu juro que por tudo que é mais sagrado que tudo que eu queria era parar o tempo nesse momento, somente isso. Separei o beijo pelo ar que se fez preciso, maldito ar. Ela me olhou por alguns segundos recuperando o ar e logo após olhou para céu.


Eu não sabia se ela estava preparada para ir onde eu pretendia leve-la, eu queria fazer dessa noite algo inesquecível para nós dois. Eu queria poder sentir cada centímetro da pele dela e eu sabia depois daquele beijo que só eu poderia agitar o mundo dela. Eu queria ser a tranquilidade dela em meio a tempestade, não importaria onde nós estaríamos, eu queria estar com ela para sempre. Eu queria essa noite poder conhece-la por completo, eu queria ser a pessoa em quem ela pudesse confiar. Eu sei que passarei minha vida tentando entender tudo isso, mas não me importa. Quero apenas que ela feche os olhos e abre a boca, me deixando a beijar por completo. Ela me olhou e sorri de leva recebendo um sorriso recíproco.

-A partir do momento, que eu conheci você tudo mudou, eu sabia que tinha que chegar em você, seja qual for a dor. Mas, só depois de oito anos eu tive coragem. Não sei se você está preparada para ir aonde pretendo levá-la, mas acho que você sempre gostou de lá -puxei-a pela mão levando par fora da multidão , direcionei-me ao meu carro abrindo a porta para ela que agradeceu e se sentou-
-Isso está me assustando.
-Eu não irei te fazer nenhum mal.
-Mas foi tudo tão... repentino ?
-Bem, eu não tive muito tempo para bolar algo perfeito...
-Tudo bem, está sendo melhor que os outros, mas Harry e Meredith? Como está sendo o natal dela ? -falou abaixando a cabeça se lembrando da pequena- 
-Sabe que pela primeira vez havia me esquecido de tudo isso...

***

Eram quase quatro da manhã e eu estava sentado no parque St.James com Seunome rindo, sua risada me contagiava. Por ser um parque pequeno e como poucas pessoas o visitavam estavam tudo tão calmo, eu sabia que Seunome gostaria daqui. Contava-mos coisas sobre nós mesmo que quase ninguém sabia, assim como eu ela também permanecia sozinha e ainda tinha certa esperança de encontrar alguém a quem amasse, ela nunca havia se apaixonado e eu estava a procura do amor verdadeiro, o qual eu sabia que encontraria somente ao lado dela.
 "Não foi desejo. Nem vontade, nem curiosidade, nem nada disso. Foi um choque elétrico meio que de surpresa, desses que te deixa com o corpo arrepiado, coração batendo acelerado e cabelo em pé. Foi sentimento. Não foi planejado, nem premeditado. Foi só um querer estar perto e cuidar, tomar todas as dores e lágrimas como se fossem suas. A vontade e o desejo vieram depois, bem depois. Não foi um lance de corpo, foi um lance de alma. Não foram os olhos, nem os sorrisos, nem o jeito de andar ou de se vestir, foram as palavras. Uma saudade e uma urgência daquilo que nunca se teve, mas era como se já tivesse tido antes. Foi amor. É amor." (Nota da autora: Esse texto lindo destacado pertence a Tati Bernardes, créditos)

-Você já se apaixonou Senome? Se apaixonou a ponto de ficar perdida?
-Cheguei a gostar de uns caras, mas nunca "me apaixonei" ou pelo menos acho que não.
-Sabe eu já me apaixonei, já sofri por amor. Eu já chorei por estar a milhares de "km" de uma garota que eu amo. Mas eu cresci e hoje essa dor essa só minha, mas é algo que não me incomoda como antes. Só fica aquele buraco no peito de abandono, falta e solidão. Falta de algo que eu nunca pude ter, falta de um abraço que talvez eu nunca vá receber. Mas, eu aprendi que o amor é isso. Amar é sorrir, mas também é chorar. Amar é sentir alegria, mas também sofrer. 
-Você fala bonito -ela sorriu-
-Eu ainda tenho mais um presente pra você.
-O que é?
-Surpresa.
-Quando vai me dar?
-Isso pode demorar um pouco.

***Semanas Depois***
Seunome Voice's.

 Eu caminhava para o escritório do meu advogado que me ligou as pressas dizendo que tinha uma ótima notícia, eu fiquei meio curiosas -muito- e vim o mais rápido que pude. Vi um carro conhecido ali, mas pensei que não poderia ser. Entrei na sala de Lucas que tinha um sorriso vitorioso no rosto.

-O que foi Lucas? O que é tão bom e importante pra você me ligar em horário comercial.
-A guarda de Meredith é sua.
-Como assim?
-Harry renunciou a guarda dela, não vai mais lutar na justiça por ela.
-Por que não?
-Não sei, foi repentino.
-Meu Deus -coloquei a mão na boca- Quando eu posso ir pegar ela?
-Amanhã de manhã vamos até o abrigo do governo onde ela está.
-Obrigada, passo aqui amanhã de manhã.

Sai em disparada, precisava encontrar Harry e perguntar o porque disso. Eu não havia o visto desde o natal, ele me disse que tinha outro presente, mas não havia me dado mais nada, seria isso? 
Ao sair da porta do prédio do escritório senti uma mão me puxar, quando vi meu corpo estava colado ao dele.

-Gostou do presente?
-Por que fez isso? Você a ama.
-Porque eu também te amo -ele me beijou e eu? Bem eu não sabia o que dizer, mas ele havia me dado o melhor presente de toda minha vida- 

Continued...

6 comentários:

  1. omg,que perfeito senhor :3

    ResponderExcluir
  2. muuito bom !!!!
    essa fic tá muito petfeita e fofa !!!
    malikisses

    ResponderExcluir
  3. que bom que vc continuou achei que fosse abandonar, ta muito prf <3

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar
Críticas construtivas são aceitas.
Não desrespeite as autoras do blog. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão excluídos.
Não peça para divulgar seu blog/página, existe uma página para isso aqui.
A comentário tem que ter relação com o assunto da postagem
Deixe o link do seu blog no final (sem o http) para retribuir a visita
Não aceito mais selos
Volte sempre ♥