Try Again - Capítulo 7


Capitulo 7 - Recordações
Estou acordando. Sinto isso em meus ossos, o suficiente para fazer meu sistema explodir. Bem-vindo à nova era / Radioctive - Imagine Dragons.
 Harry voice's -  Uma semana depois.
Era fim de semana mais uma vez, havia feito uma semana que tinhamos nos resolvido e ido ao almoço em família na casa dos seus pais. Estava cansado de mais um dia completamente cansativo naquele escritório, e posso dizer que nesse momento o trânsito não ajuda em nada. Queria ir para casa e poder descansar, me sentar no sofá e aproveitar do silêncio que a casa me permitia, mesmo que Seunome estivesse ali o silêncio sempre estava presente -ela não gosta de me incomodar-. Fechei meus olhos e encostei a cabeça no volante, comecei a me lembrar de tudo.


...

Eramos jovens quando a vi pela primeira vez, era verão e eu estava sentado na varanda da casa da minha mãe, tínhamos apenas quinze anos. Ela usava um vestido branco de flores azuis e sapatilhas nos pés, os cabelos lisos, longos  e castanhos balançavam conforme aquele vento bom de verão batia contra ela. Eu via as luzes da rua, era uma festa de vizinhos e eu nem sabia que ela morava ali. Eu vi ela fazer o caminho dela em meio a multidão para perto de minha casa, fui até lá sem nem pensar. Ela me disse "oi" e eu mal poderia imaginar naquele momento que encontraria a mulher da minha vida e que esse oi havia mudado todo rumo da minha vida.

-Oi -ela se dirigiu a mim com um sorriso tímido nos lábios.
-Oi -eu respondi igualmente, mal sabia que aquilo mudaria minha vida para sempre.

Naquela noite conversamos por um longo tempo, me recordo que seu sorriso havia me encantando e que cada vez que ela ria de mim eu sentia uma alegria idiota em mim, coisa que eu nunca havia sentido antes. 


...

Semanas depois eu a chamei pra sair, mas quando fui a buscar seu pai a disse que ela ficasse longe de mim. Eu ouvi toda discussão por trás da porta sem ter coragem de tocar a campainha por um longo tempo, até tomar coragem de tocar. Ela saiu lá e seu pai a seguiu sem cessar a discussão, me afastei um pouco escutando e a vi chorar nas escadas da frente da casa. Mas, ela foi comigo e me disse.

"-Me leve a algum lugar em que possamos ficar sozinhos" .


...

Algum tempo depois estávamos namorando, eu havia conquistado a confiança de seu pai. Estava entrando em sua casa pela primeira vez, lembro que oque mais me chamou atenção foi um "vaso" improvisado, mas chamativo. Eram duas garrafas Jack Daniels e neles haviam girassóis muito bem cuidados. 
Sempre fugíamos para o jardim a noite, ficávamos quietos, pois estaríamos mortos se eles soubessem. Fechamos os olhos e dávamos as mãos. 

Lembro-me que algum tempo depois fiquei doente, desacordado por dias e quando acordei ela estava ali. Eu perguntei desde quando ela estava ali me esperando, ela respondeu.

"-O tempo todo, eu sempre estarei te esperando"

E daquele momento em diante eu soube que era pra ela que eu queria dizer eu te amo todos dias, após acordar e antes de dormir, até que o infinito acabasse. Sempre foi um amor difícil, mas real. Certa vez ela me disse para salva-la, porque ela se sentia tão sozinha. Foi por isso que anos depois eu me ajoelhei a sua frente e tirei um anel do bolso, perguntando se ela aceitava ser minha para sempre, e com um sorriso maravilhoso no rosto ela disse que sim, que seria minha para sempre. Eu disse a ela.

"-Case-se comigo, você nunca mais se sentirá sozinha. Eu te amo e é só isso que eu realmente sei. Já falei com seu pai, ela acha maravilhoso. Apenas diga sim, podemos continuar escrevendo nossa pequena história de amor".

Nós nos casamos a 5 anos, não tivemos nenhum até hoje, mas se ela tivesse um filho meu eu seria o cara mais feliz do mundo. Hoje em dia é tudo tão diferente, conversamos tão pouco, mas ela está sempre presente. É sempre tão bom ouvir sua voz, espero sempre que esteja bem, sempre me pego distraído no trabalho pensando nela e em como deve estar sendo seu dia em casa.
E agora aqui estou eu, sozinho nesse carro dirigindo até nosso apartamento nessa noite de sexta. Perdido no momento, pensando em como tudo começou. Eu amo hoje, mais do que jamais amei. Gostaria de dizer que nada mudou, mas é bem obvio que não é assim. Ninguém nunca poderá ocupar o lugar dela, mas está ficando cada dia mais difícil nosso relacionamento. Eu sei que ando sendo um completo idiota, mas não sei como me controlar perto dela. 


...


Me recordo do dia de nosso casamento, de tudo que dissemos um ao outro antes do sim. Eu a olhei sorrindo, naquele momento todas as palavras que eu havia ensaiado saíram de minha mente, então eu apenas disse oque sentia 

-Tudo que eu sabia essa manhã quando acordei é que eu te amo e que era realmente com você que eu quero passar o resto da minha vida. Seus olhos azuis, suas sardas e seu sorriso, me fazem perceber uma coisa, me sinto alguém melhor ao seu lado. Tudo que eu sei é que quando dissemos aquele "oi" tudo na nossa vida mudou, me lembro da chuva caindo quando dormimos juntos pela primeira vez. Tudo que eu conheço é um novo encanto, lembrarei de seu rosto para sempre e a todo momento. Onde você estiver, não importa o quão longe for, eu continuarei te amando. Porque eu estarei ai, sempre nos seus pensamentos, desde o dia que nos conhecemos e até mesmo nos dias que você me fez chorar. Foi com você que tive os melhores dias da minha vida, e sei que foi comigo que você também teve os seus. Eu te amo, quero que seja minha para sempre. 
-Seunome Hayes Filds aceita Harry Edward Styles como seu legítimo esposo? -o padre a olhou.
-Aceito.


...



Estacionei meu carro e segui em direção ao elevador, não via a hora de tomar um banho quente e me deitar em minha cama relaxar. Aquele trânsito havia me irritado, mas havia me feito pensar muito sobre mim e a Seunome. Assim que o elevador abriu a porta senti meus olhos arregalarem, meu punho se cerrou e uma raiva subiu ao meu peito. Que merda era aquela? Quem aquele idiota pensa que é para prensar a MINHA mulher na parede? Andei rapidamente já o empurrando.

-O que você está fazendo aqui novamente Bieber?
-Vim ver minha amiga, oras -disse com o mesmo sorrisinho cínico de sempre.
-Eu já disse que não quero você perto da Seunome, não confio em você.
-Nem devia confiar mesmo -ele riu da minha cara.
-Minha vontade é de te matar seu desgraçado.
-Relaxa Harry, eu não iria fazer nada que ela não quisesse. 
-Sai daqui, antes que eu quebre a sua cara.
-Ui, que medo de você -ele tremeu as mãos me irritando, andou até a Seunome beijou a bochecha dela que permanecia com os olhos arregalados. Saiu dali com aquele típico sorrisinho cafajeste dele. Um dia eu ainda coloco esse cara na cadeia, nem que seja a última coisa que eu faça.


...

-O que ele queria? -puxei Seunome para dentro do apartamento.
-Conversar.
-Não foi bem isso que eu vi.
-Ele mudou do nada, eu juro.
-Não diga nada -eu respirei fundo me controlando, me forçando a acreditar nela- Seus olhos me dizem mais que suas palavras, eu acredito em você. Sei que nunca faria esse tipo de coisa, mas ele sim, entenda que não que não quero você perto dele Seunome.
-Eu só queria tirar uma dúvida que estava me angustiando a uma semana Harry.
-Que dúvida?
-Na noite do pesadelo, sonhei que Justin tinha alguma doença sem cura e que ele morreria, queria me certificar  que era apenas coisa da minha cabeça.
-Bem que poderia ser verdade.
-Credo Harry, vira essa boca pra lá.
-Me desculpe, vamos mudar de assunto.
-Claro -ela suspirou- Como foi seu dia?
-Cansativo -eu disse e o silêncio tomou conta da sala- No caminho de volta pra casa, eu estava lembrando de toda nossa história...
-Eu também costumo pensar nisso -ela sorriu-
- Sabe, eu costumava pensar que um dia ia contar a nossa história. Como nos conhecemos e tudo aconteceu instantaneamente. As pessoas diriam: "eles são os sortudos".
-Foi muito rápido -ela sorriu.
-Realmente -eu sorri, mas logo vi seu sorriso se desfazer e surgir uma cara de dor? Eu não sabia oque era afinal. Mas, logo a vi correr para algum lugar e a segui.

---------------------------------------------------
Olá amores, como vão? Espero que bem, eu ando muito desanimada, mas aqui estou eu. Bem hoje de manhã, minha amiga me deu uma ideia, meio tonta, mas deu heuheu. Bem, já que vocês não me conhecem quase nada, decidi que iria fazer um vídeo falando sobre mim, mas vocês quem mandam as perguntas, se proceder a ideia, eu posto o video no fim de um capítulo ou algum imagine que eu postar. E caso queiram deixar ideias de video, também aceito, assim crio um canal no youtube. Beijo amores. Comentem, obrigada.

3 comentários:

  1. Ta super perfeito !!! Adorei a sua ideia de fazer um video e aq vão.minhas perguntas:
    -qual é seu mino favorito
    -quantis anos vc tem
    -ande vc mora ? ( cidade e estado)
    ha e quando vc vai postar o.proximo capitulo eu to mega ansiosa pra ler o proximo ... Ou vc só posta de fim de semana?

    ResponderExcluir
  2. adorei o capitulo... continua logo eem..

    ResponderExcluir
  3. Continuaa ta perfeito!! :)
    Xx Karol

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar
Críticas construtivas são aceitas.
Não desrespeite as autoras do blog. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão excluídos.
Não peça para divulgar seu blog/página, existe uma página para isso aqui.
A comentário tem que ter relação com o assunto da postagem
Deixe o link do seu blog no final (sem o http) para retribuir a visita
Não aceito mais selos
Volte sempre ♥