Apparently - Capítulo Trinta e Sete - Eu peço desculpas


- No capítulo anterior -


Niall: Você não me ama mais não é isso? - ele perguntou novamente, firme. Eu mantinha o meu olhar baixo pensando: talvez eu nunca tenha te amado.

Você: Eu não sei. Me desculpe, mas eu preciso pensar.

Me levantei com as pernas bambas tendo a impressão de ter a mente vazia, mas pensando em tudo ao mesmo tempo.

Desconhecido: (S/N)?

Você: Lou?

Louis: Meu Deus o que aconteceu? - perguntou me abraçando, no meio do corredor.

Você: Briguei com o Niall, não é nada...

Louis: Como assim não é nada, vem. Vamos para o seu quarto.

E assim seguimos, caminhei me segurando para ser forte e não deixar as lágrimas caírem. Fiquei abalada de um jeito inexplicável.

Louis: Me conta agora.

Você: O Niall me viu beijando o Harry - ele franziu o cenho - e ele ficou magoado. Então fui conversar com ele mas agora me vejo confusa com o que sinto. Mas pensando bem, ele não tem motivos pra ficar assim já que só estamos ficando.

Louis: Acha que ele não tem motivos? Se toca (S/N)! Para de se fingir de inocente, você sabe que ele te ama!

Você: Mas poderia ter sido da boca pra fora.

Louis: "Mas poderia ter sido da boca pra fora" - disse me imitando com uma voz nojenta - Você pode ter falado da boca pra fora. Mas vindo dele pareceu falso pra você?

Fiquei calada, o olhei e ele estava vermelho. Então preferi mudar de assunto, embora o nó na garganta me fizesse falhar algumas vezes.

Você: Você tinha me dito que precisava falar comigo.

Louis: Sim, era só para dizer que o nosso namoro falso acabou.

Você: Pensei que já tivesse acabado há muito tempo - digo rolando os olhos.

Louis: Era só isso mesmo, ainda bem que eu me livrei de você.

Então ele levantou da minha cama e saiu batendo a porta, eu sentia vontade de socar o travesseiro e quebrar tudo. Mas quando me deitei e fechei os olhos, pude perceber a pessoa que eu estava me tornando. Eu precisava pedir desculpas, mas não era uma boa hora, tudo estava muito recente.

Donna: Ei, o que aconteceu? - perguntou fechando a porta assustada.

Você: Nada.

Donna: Pensa que não, mas eu e a Emma vimos o Louis saindo daqui furioso. Discutiram não é?

Você: Donna, não é da sua conta - digo me virando para a parede.

Donna: Se quiser assim então tá. Não sou eu que vou me isolar do mundo depois - disse fazendo desdém.

Você: Tanto faz, cala a boca - ok, agora sim me arrependi.

No outro dia, no café da manhã Louis e Els passaram ao meu lado e nem me cumprimentaram. Também nem tinham razão para tal ato, apenas me fiz de desentendida. E a cada hora do dia que se passava as coisas pioravam, sentava sozinha quando o Harry estava ocupado, o Niall passava batendo no meu ombro nas aulas que tínhamos juntos e todas as vezes em que ele e Harry se encontravam nos corredores as faíscas voavam formando aquele clima tenso que todo mundo tentava evitar. Afinal, era sexta-feira.

...

Harry: E aí, qual os planos? - perguntava enquanto eu lia uma revista, com os pés em cima do seu colo na sala de lazer.

Você: Nenhum.

Harry: Ah, qual é. Vamos dar uma volta, namorar.. que tal? - perguntava mordendo a minha orelha.

Você: Não estou afim de sair.

Harry: Aff, mas que chata. - respondeu me largando rapidamente - O que aconteceu em?

Você: Nada.

Zayn: Ei, casal. - Zayn apareceu todo feliz, mas quando viu minha cara mortal engoliu o que tinha para falar. Se sentou do nosso lado e depois de uns cinco minutos perguntou olhando para o chão - Vamos dar uma volta com o pessoal?

Harry: Vamos! Estou louco pra sair, mas essa chata não quer ir - disse me cutucando de leve, que coisa irritante!

Você: Vamos logo antes que eu mude de ideia!

Zayn se levantou num pulo e disse:

- Vou avisar o pessoal. Se vistam!

Harry: Vou assim mesmo, e você (S/N)?

Você: Vou colocar uma coisa mais arrumada, já volto.

Digo correndo para o quarto, observando Donna se maquiar.

Donna: Vai sair?

Você: Sim, vai também? - ela assentiu.

Procurei pelo guarda-roupa algo que me agradasse, pedindo assim ajuda a Donna, que aparentemente sairia conosco.


Me olhei no espelho pela terceira vez, me achando bonita. Quando olhei para Donna também me admirando pelo espelho, ela levantou-se e sentou-se na sua penteadeira retocando seu batom. Caminhei até ela lentamente e disse:

- Muito obrigada por me ajudar, e peço desculpas pelo modo que falei contigo ontem. Fui grosseira.

Donna: Tudo bem, nada supera o que fiz com você há algum tempo atrás. - disse com um sorriso torto, cheguei perto dela e depositei um beijo estalado na sua bochecha.

Saímos logo em seguida até o portão de entrada, esperamos mais um pouco pelo resto do pessoal e conseguimos a liberação do diretor. Nem me dei conta de Claire que estava ao meu lado, apenas quando ela disse:

- Adorei o batom - deu um sorriso e se prontificou ao lado de Zayn, rindo e conversando.

- Claire On -

Claire: E aí Zayn!

Zayn: Ah, oi Claire. A noite está bonita, não é?

Claire: Sim, muito. - eu sorria igual uma idiota, estar apaixonada é assim.

Andamos e conversamos bastante, paramos para tomar um milk shake e seguimos ao shopping, decidindo qual filme iríamos assistir no cinema. Olhava para trás e (S/N) ás vezes sorria, e ás vezes ficava olhando para baixo. Na maioria das vezes sua cabeça ficava apoiada no braço do Styles, que era bem maior do que ela. Seguia seu olhar triste e via aonde dava, nas mãos entrelaçadas do Niall e da Emma.

Foi nessa hora que fiquei confusa, quando isso tinha começado? Balancei o Zayn discretamente, o mesmo não ligou já que estava entretido conversando com o Liam e Louis sobre futebol. Então os mandei calar a boca, sendo direta, e cochichei ao Zayn o que estava acontecendo. Ele apenas disse:

- Para de ficar ligando para os problemas dos outros, eles não são da sua conta - e então entrelaçou nossos dedos, voltando a conversar com os seus amigos.

Juro que se eu não estivesse tão apaixonada por ele, o bateria ali mesmo. Um tapa não faria mal a aquele rosto macio. Então olhei novamente para a (S/N), no mesmo momento em que ela olhou para mim e deu um sorriso triste, o que me contagiou, então tentei me afastar do Zayn e ir para o lado da minha amiga, mas quem disse que ele queria soltar?

LEIAM QUE É IMPORTANTE!
Hey, hey.
Salve, salve as leitoras do Brasil!!!
Um anônimo no capítulo anterior veio reclamar
dizendo que eu demoro muito pra postar, o que é
pura verdade. Então eu fiquei triste comigo mesma
pensando que eu não tenho tanta responsabilidade
com esse blog. Então eu te agradeço querido anônimo,
porque antes eu pensava que as leitoras não ligavam
pra isso, afinal ninguém é vidrado 7 dias da semana
em um site de fanfics. Pra resumir, estou re-organizando
os meus horários para vir escrever e postar mais vezes.
Assim, talvez não tenham posts em número mas esses
posts vão vir com uma quantidade maior de caracteres.
É só isso, beijo, beijo minhas queridas e amadas!

6 comentários:

  1. Ola hana acho q vc esta totalmente enganada pois eu fico sim 7 dias da semana vidrada em fics principalmente as suas kkkkkkk sei q e loucura mas sou.viciada nessas historias sao tao emocionantes fico contando os minutos para ler mais um capitulo da sua fic ,mas soena q mora longe de ti pois moro em brasilia mais mesmo assim godto d evc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi sou eu denovo bom o comentario ficou com erros de digitacao pq edtou lendo pelo celular e ai fic aruim ,mas viu o q acontece resolvi entrar pra ver se vc tinh apostado mais um e tinha na meaguentei pois j atava ate na cama pra dormi mais ai entrei no seu blog e aqui estou comentando mais. Um capitulo novo nem q seja pelo celular q e orrivel mais td.bem bim tchau ate o proximo capitulo bjs kkk j aexpliquei meus erros ealgo mais kk pq sou uma matraca kkk bom agora d everdadecheg atchau boa noite to super anciosa

      Excluir
    2. LOL 'O'. Nossa, adorei você! <3 Beijo, beijo e muito obrigada por comentar :)

      Excluir
  2. Respostas
    1. Hi Laura! Obrigada por adorar [risos], já estou finalizando o próximo capítulo! Beijoos.

      Excluir
  3. Adorei e minha terceira vez q estou lendo esse imagine
    Adorei!!!

    Ass.:Marcela Horan

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar
Críticas construtivas são aceitas.
Não desrespeite as autoras do blog. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão excluídos.
Não peça para divulgar seu blog/página, existe uma página para isso aqui.
A comentário tem que ter relação com o assunto da postagem
Deixe o link do seu blog no final (sem o http) para retribuir a visita
Não aceito mais selos
Volte sempre ♥